[Em Andamento] Eterna Sailor Moon

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Em Andamento] Eterna Sailor Moon

Mensagem por miki-chan em Sab Out 17, 2009 9:50 pm

Esta fic que apresento aqui, é a primeira fanfic de sailor moon de uma saga de três ( em principio) eu já a escrevi toda ponho aqui para vocês a lerem espero que gostem ^^

Prólogo
Capítulo I –“A chegada do inimigo. Bunny é raptada” – página 1
Capítulo II –“A Bunny salva-se. As navegantes perdem os poderes” – página 1
Capítulo III –“A despedida de uma amiga” – página 1
Capítulo IV –“A água de Ami. As guardiãs” – página 1 e 2
Capítulo V –“A lua escura. O fogo de Marte” – página 2
Capítulo VI –“Qual dela é a verdadeira?” – página 2
Capítulo VII –“O amor e o tesouro de Vénus” – página 3
Capítulo VIII–“O Amor de duas guerreiras” – página 3
Capítulo IX –“Revelações” – página 3
Capítulo X – “Cama de rosas” - página 3
Capítulo XI - "O caminho para o templo sagrado" – página 4
Capítulo XII - "O templo sagrado" – página 4
Capítulo XIII - "A revolta de Mistress. A Batalha final" – página 4


------------------------------------------------------------------

Prólogo


A Terra estava em paz desde de então as guerreiras seguiam uma vida que tanto tinha desejado: uma vida calma sem problemas com inimigos e outras coisas afim. Preocupavam-se agora em serem felizes. Era um dia primaveril mas com um algum calor, a temperatura rondava os 24 graus centígrados, as pessoas conviviam em harmonia ora passeavam ora brincavam com os seus rebentos ou até liam o seu jornal/revista, havia quem aproveitasse para correr ou estudar ou talvez namorar. Rita no seu templo admirava o belo dia de primavera juntamente com Fernando e seu avô, pensava para si própria se alguma vez esta paz iria continuar, tinha jurado nunca mais lutar, estava cansada de sacrificar pelos terrestres que nem um elogio eram capazes de fazer por salvarem a Terra. Ami estava concentrada no seu trabalho, desconcentrou-se por momentos e levantou-se foi até a varanda do seu gabinete e mirou o céu pensativa falou para si própria: “ Parece, mentira esta paz! Espero que seja verdadeira…”, voltou para dentro e agarrou-se de novo ao seu trabalho como se nada tivesse acontecido para ela se mover daquele sítio e do seu trabalho. Maria estava no seu restaurante, tinha a parte do café cheia de gente, por momentos deixou o seu trabalho foi até a porta e saiu inspirou o belo cheiro da primavera e depois expirou, estava feliz por estar em paz mas depressa o receio da paz poder acabar ali mesmo assolou o seu espírito, abanou a cabeça e disse: “não, não podes, pensar assim!” voltou para dentro do seu café para ajudar. Joana estava a ensaiar para a série juvenil “bananas com mel” mal tinha tempo para abrir a boca, nem se lembrava que algo podia acontecer de um momento para o outro, não se importava com isso, apenas se importava com o que ela gostava. Haruka estava com Mariana num jardim, ambas pensativas tinham um sentimento que esta paz não duraria muito, não sabiam ao certo o que seria mas o que viesse não seria como das outras vezes seria muito mais avassaladora e castigadora, estavam certas que desta vez que iria ser uma luta como nunca elas tinham visto. Octávia vivia com o seu pai o Doutor Tomoe. Octávia sentia estranhas presenças na terra, de facto pensava que era apenas a sua imaginação mas na realidade invadia os seus sonhos à noite tornando-os escuros e tenebrosos, preferiu guardá-lo só para si não querendo preocupar as outras enquanto não soubesse o que se passava. O que era certo era que a cada noite a dor e a agonia apoderavam do coração da guerreira de Saturno. Susana tinha voltado para o portão do espaço-tempo, como guardiã tinha como objectivo que nada passasse por ali mas em vão pois algo forte atingiu-a, sem saber o que tinha acontecido Susana desconfiava que algo poderia estar a caminho da Terra. O tempo parou, voltou andar e parou de novo. Uma luz negra tinha aparecido do nada, as pessoas continuaram como se nada acontecesse ou tivesse acontecido sem importarem sem desatarem a correr como era de costume. Realmente algo de estranho começava a passar-se na Terra, inexplicável, sem justificação para tal acontecimento os cientistas de todo o mundo punham teorias atrás de teorias como algo provasse o estranho facto ocorrido nesse instante. Sem sombra de dúvidas Susana começava agora a ter certezas que um novo mal estava prestes a chegar. Não sabia ao facto como eram ou deixavam de ser mas sabia que era fortes mais fortes que os inimigos anteriores. Susana tentou viajar até ao futuro precisamente até ao século XXX, onde estava tudo destruído, o mal reinava na Terra ao ver aquele futuro Susana sentiu umas pontadas em si, sentiu dor, angústia e sofrimento, através do que via conseguia sentir o que eles sentiam: o desespero instalado nas caras das pessoas. Tentou saber como estavam as outras nesse século, o choque foi grande não esperava que as guerreiras tinham morrido só ela é que tinha sobrevivido e que Chibi-usa lutava sozinha. A única maneira era mudar presente, mas isso envolvia que as guerreiras voltassem a lutar provavelmente era única solução para evitar o futuro trágico que Susana tinha visto ou talvez para evitar a própria destruição do planeta. Susana pretendia contactá-las mas isso era um risco pois o portão do espaço-tempo estava danificado devido ao embate da luz negra e isso podia provocar a aberta que os inimigos precisavam para avançar. Preferiu ficar do que deixar o portão a mercê dos inimigos.

miki-chan
Shoujo Iniciante
Shoujo Iniciante

Feminino Mensagens : 19
Reputação : 0
Pontos : 8736
Data de inscrição : 15/10/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Em Andamento] Eterna Sailor Moon

Mensagem por Sayra em Dom Out 18, 2009 2:33 am

Está muito giro *O*

Há muito que não lia uma de Sailor Moon...agora só o prologo...quero a continuação ç.ç

_________________


Spoiler:
[center]
♥️ Arigatou nee, Milky-Chan ♥️


Léo Sign ~~ Fã Club ->Link ^^
avatar
Sayra
Administrador
Administrador

Feminino Libra Cavalo
Mensagens : 946
Idade : 26
Reputação : 35
Pontos : 10222
Localização : No meu cantinho especial, com o Frau *-*
Data de inscrição : 15/08/2009
Emprego/lazer : Estudante/Timmer Humor : Cansada Ç_Ç
A tua Ficha
Nome:: Cláudia
Idade:: 19
O teu maior sonho:: Ir ao Japão *Q*

Ver perfil do usuário http://shoujotemptation-pt.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Em Andamento] Eterna Sailor Moon

Mensagem por miki-chan em Dom Out 18, 2009 1:14 pm

Bigada Sayra. Aqui fica o primeiro capítulo

Primeiro Capítulo

“ A chegada do inimigo; A Bunny é raptada”


Tudo corria de vento em poupa pensavam que nada conseguia perturbar o momento de paz e de harmonia que envolvia a Terra. No portão do espaço-tempo, outra luz surgia danificando-o ainda mais, Susana tentou-se defender mais uma vez mas sem sucesso, a luz negra tinha-se transformado numa mão que agarrava o pescoço da Susana que agora começava a sufocar-se. Uma voz grave surgiu dizendo:

- Guerreira do Tempo e do Espaço vai ser a primeira a morrer!
Susana já sem fôlego tentava entoar algumas palavras com dificuldade mas apenas disse:
- Nem penses!
Com a guerreira de Plutão estado miserável, a luz negra avançou para a Terra sem obstáculos que a fizesse para provocando uma explosão criando um edifício tenebroso mas normal à vista da população terrestre. Susana começava a levantar-se quando nova Luz entrou pelo portão acertando-lhe novamente dizendo-lhe:

- Pensavas que nos derrotavas? Pobre criatura!

Susana não tinha forças para lutar mais estava nas últimas reservas mas mesmo assim atacou:

- DEATH SCREAM!

O ataque foi o espelho do desespero que Susana sentia. Uma última Luz passou por ela acertando-lhe ferozmente. Susana estava a esvaecer de sangue deitada no chão sem reflexos aparentes. As vozes riam-se maleficamente.
Na casa da Octávia, Octávia estava cada vez pior, estava mais negra, mais fria, o mal que estava atingir a Terra tinha-se apoderado dela, Doutor Tomoe seu pai já não sabia o que fazer mais para conseguir evitar aquilo, nem os seu próprios conhecimentos serviam para ajudar, sentia-se um inútil na verdade era isso mesmo que ele era.
Bunny que estava a caminho do templo Hikawa repara num novo edifício, a tentação de entrar era muita mas medricas como ela era não se atreveu a ir. No templo Hikawa todas esperavam Joana e Bunny, preocupadas Rita e Maria não sabiam o que fazer.

- Onde se meteram elas? – Perguntava a irritadiça Rita Hino
- Calma Rita… – dizia Maria tentando a calmar as hostes porque já sabia que Rita ia-se chatear – Olha… acho que vem aí a Bunny…
De facto trata-se de Bunny a correr como já de costume e atrasada como sempre.
- Desculpem o atraso! Meninas sabiam que foi inaugurado um novo edifico no centro de Juuban? – Contava Bunny as novidades pensando que as amigas ainda não sabiam
- O que andaste a fazer? Não viste que horas são? – Irritava-se Rita
- Calma Rita… Sim Bunny nós já sabemos é por isso mesmo que marcamos esta reunião – Falava Maria respondendo à pergunta da sua amiga
- Mas onde anda a Joana? – Questionava-se Rita
- A Joana mandou-me dizer-vos que não vem está muito ocupada – Comunicava Bunny
- Sempre a mesma coisa! Agora que está série Bananas com Mel não quer saber de nós – Abanava a cabeça Rita – Bem fazemos nós a reunião
A reunião começava o tema era sobre o edifícios novos. Dentro do edifício alguém falava:
- Finalmente! Não posso esperar por ter a minha vingança… VAIS PAGAR SAILOR MOON! Não me esquecer do meu querido Endymion é desta que vais ser meu! Ah!
Entretanto quatro homens entravam na grande sala
- Mandou-nos chamar?
- Sim quero o Cristal Prateado e o Cristal Dourado! Não me venham sem eles
- Meu servo vais tratar desta missão, o resto retira-se
- Sim… – disseram os outros em uníssono
Noutro ponto de Juuban, um novo edifício surgia lá dentro um homem alto esbelto admirava uma imagem
- Sailor Moon ou melhor Princesa Serenidade vais ser minha!
Já era final de Tarde quando todas se digiram para as suas casas. Bunny resolveu mirar novamente o edifício. Luna apareceu atrás dela dizendo:

- O que fazes aqui Bunny?
- Vim investigar. Passa-se alguma Coisa aqui… CANETA DE TRANSFORMÇÃO! Transforma-me numa linda empresária!
- Bunny não sejas maluca é perigoso… – Quando Luna a chamou já era Tarde Bunny já estava lá dentro – Sua parva porque é que entraste?

No alto da torre o mesmo homem que mirava a sua imagem ria-se.

- Nem foi preciso fazer nada. Já te tenho!

Bunny de repente sente-se presa. Não cria acreditar naquilo que estava acontecer-lhe. De repente o homem aparece-lhe à frente com um riso maléfico, passou a sua mão na sua pele macia e disse:

- Como tu és linda princesa…
Ela não sabia o que a havia de dizer sobre aquelas palavras. Apenas se limitou a dizer:
- Quem és tu?

Ao qual o homem respondeu:

- Não interessa!

Ele retirou-se deixando-a perturbada, sem saber o que fazer ou pensar

miki-chan
Shoujo Iniciante
Shoujo Iniciante

Feminino Mensagens : 19
Reputação : 0
Pontos : 8736
Data de inscrição : 15/10/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Em Andamento] Eterna Sailor Moon

Mensagem por miki-chan em Dom Out 18, 2009 1:15 pm

Na casa do Dr. Tomoe, Octávia encontrava-se fechada no seu quarto escuro, tenebroso, não comia, não dormia nem falava com ninguém apenas se limitava a olha para uma noite escura e fria apesar de se estar no Verão. Dr. Tomoe estava a passar pelo quarto da sua filha parou e pensou: “ Porquê? Porque é que os inimigos não nos dão descanso?”. Ele sabia que estes estranhos acontecimentos eram causados por inimigos, sabia bem que não era uns quaisquer inimigos, eram inimigos que eles já tinham derrotado, sabia também que a sua antiga serva Kaorinite viria ter com ele mais cedo ou mais tarde apenas tinha de esperar por esse acontecimento, ele tinha a certeza que ela o viria buscar para juntar de novo ao mal. O Dr. Tomoe já tinha feito a sua escolha: não iria cometer os mesmos erros do passado. Algo acontecia no quarto da Octávia, o Barulho da janela a partir-se seguindo de um explosão tinha sido intenso, rapidamente o seu pai dirigiu-se o quarto dela mas por azar a porta estava trancada. Entrou à força mas quando lá chegou já era tarde Octávia estava no alto controlada pelo inimigo, Dr. Tomoe não quis acreditar no que tinha acontecido apenas via a sua filha nas mãos da maldade não conseguia mirar a segunda personagem muito bem mas depressa esta apresentou-se, dizendo:



- Meu caro Tomoe venho acabar o que não conseguiste fazer seu inútil! Já agora caso não me reconheças sou a Kaorinite



Tomoe estava incrédulo, “como é que alguém consegue ressuscitar depois de ter sido morta” – pensava ele enquanto soluçava

Já bem no céu escuro, tempestuoso e negro Kaorinite dava ordens à sua nova aliada:



- Destrói! Certifica-te que ele morre….hahaha



Octávia sob a magia negra de Kaorinite que a controlava não teve problemas em destruir tudo aquilo que o seu pai tivera construído com muito sacrifício e suor.

O dia amanheceu e depressa trouxe más notícias. A notícia da explosão da casa do Dr. Tome na noite anterior abriu todos os noticiários na TV, nos jornais era primeira capa à excepção dos desportivos que traziam um pequeno excerto nas últimas páginas. Incredulidade e choque foi quando as outras guerreiras receberam a notícia que Tomoe estava morto e Octávia tinha sido raptada.



- Meninas já leram isto? – Mostrava Ami ainda em choque

- Sim Ami já tinha ouvido em casa. Não acredito que tenha sido ladrões, para serem ladrões tinham mesmo de ser profissionais. Acho que é inimigo! – Comentava Rita expondo a sua firme opinião

- Eu acredito que tenha sido ladrão, quantas pessoas é que não dava por ter metade do que eles têm? Eu dava… – Dizia Joana

- Ó Joana achas mesmo que ladrões poderiam fazer isso? O Dr. Tomoe nem tinha nada a esconder nem nada escondido que fosse valioso… - Criticava Maria por Joana estar a falar o que não devia

- Escutem só meninas… – começava Ami a falar – Aqui diz que não há vestígios de bomba em nenhuma parte da casa, nem pegadas de bandidos… hum cá para mim é obra de inimigo…

- Vira essa cara para lá. Ora bem estamos em paz e nada vai mudar isso… - Falava Joana com as mãos na cintura

- Joana Cala-te!!! O telefone está a tocar!!! – Mandava calar Rita



Rita correra para o telefone, não esperava que as notícias fossem tão más….



- Estou sim? – Perguntava Rita

- Rita? – Perguntava Mariana na dúvida se estava a falar com a pessoa que queria falar

- Quem fala? À Mariana és tu não te estava a reconhecer a tua voz…. Desculpa – Pedia desculpas Rita

- Não tem importância… Precisamos de nos reunir urgentemente! – Falava Mariana em Nervos

- Ok…Mas pode ser aqui no meu templo? É que estamos todas aqui à excepção da bunny… - Questionava Rita

- Tudo bem estamos aí dentro de 15 minutos…



Os quinze minutos passaram rápido. Mariana, Haruka, Luna e Artémis não sabiam por onde começar



- Estão com uma cara de enterro… bolas até parece que morreu alguém… - Dizia Joana num tom de gozo

- Joana este não é o momento de gozar… - Ralhava Rita



- Meninas… não sei por onde começar. A Bunny entrou dentro de um dos edifícios e nunca mais de lá saiu… – Dizia Luna cabisbaixa

- O quê? Como ela foi capaz. Nem nos avisou nem nada…. Não esperava isso dela não… - Falava Joana com ar sério

*gota*

- Temos de ir lá salvá-la. Não aguento estar parada sem fazer nada… - Irritava-se Maria

- Maria tem calma não adianta estar assim… - Acalmava Ami

- Ainda não acabou…. – Pronunciava Haruka já indignada

- Que se passa?

- Nós fomos investigar e descobrimos que o Dr. Tomoe não está morto. Ele contou-nos que a Kaorinite tinha voltado e que o objectivo dela era acabar aquilo que ele não foi capaz de o fazer. Contou-nos até que a Octávia estava sendo controlada por ela aos poucos e poucos até ela (Kaorinite) a foi buscar de vez… - Numerava Mariana

- E foi a Kaorinite que fez a explosão certo? – Inquiria Ami

- Não pelo contrário foi a Octávia a mando dela



Anoiteceu rapidamente. Num ponto não muito distante do templo duas pessoas regressavam à terra.



- Estamos de Regresso!!! E toda a gente vai pagar! Hahaha – Ria-se a voz Feminina
- Sailor Moon vai pagá-las!!! – Bramia a voz masculina

miki-chan
Shoujo Iniciante
Shoujo Iniciante

Feminino Mensagens : 19
Reputação : 0
Pontos : 8736
Data de inscrição : 15/10/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Em Andamento] Eterna Sailor Moon

Mensagem por miki-chan em Dom Out 18, 2009 1:16 pm

- Meu amor escolhe uma carta…. – Pedia a voz masculina

- Hum deixa cá ver…. Esta parece-me bem… – Apontava a voz feminina

A voz masculina tirando uma flauta e começou a tocar uma doce e suave melodia

- ZumZum vai e recolhe toda a energia que conseguires…. – Ordenava ela



Entretanto no edifício onde o príncipe Diamante se encontrava….



- Diamante deixa-me sair daqui!!! – Berrava Bunny com as lágrimas a escorrerem-lhe pela a cara – Qual é o teu objectivo?



- Minha cara Princesa Serenidade pensei que já soubesses o meu objectivo és tu. Nós dois reinaremos o mundo!!!! Hahaha - Dizia Diamante com um sorriso nos lábios

- Nunca!!! Nunca irei ficar contigo… – Lacrimejava Bunny



Uma mulher alta de cabelos verdes entrava na sala onde Diamante se encontrava



- O que é que aquela rapariga faz aqui? – Perguntava Esmeralda furiosa pelo seu amado não querer saber dela

- Ela é a minha futura Rainha. Rainha Serenidade…



Furiosa Esmeralda tenta fazer com que o plano de Diamante saia furado e vai tentar ajudá-la. No entanto os planos de Esmeralda também saíram furados, pois quando ela lá chegou um brilho forte ofuscou-a, fazendo com que Esmeralda deixasse de ver durante largos minutos. Bunny estava rodeada por uma luz prateada e à sua frente estava o cristal prateado, tocou-o ao de leve mas mesmo assim foi o suficiente para que ele, cristal prateado, libertasse todo o seu poder fazendo com que bunny desaparecesse mesmo em frente de Esmeralda. Bunny encontrava-se agora fora do edifício, aos poucos ela levantava-se, ainda meia atordoada e sem saber o que se tinha passado Bunny repara em algo brilhante ao pé de si, tinha ficado em choque quando viu que o seu cristal estava partido, pegou nele guardou na sua mala e dirigiu-se para casa.

Estavam todas em reunião quando ouviram pessoas alvoraçadas a correr de um lado para o outro, dirigiram-se para o local e visualizaram a presença de um demónio.



- Mercury Crystal Power, Make Up

- Mars Crystal Power, Make Up

- Jupiter Crystal Power, Make Up

- Venus Crystal Power, Make Up

- Uranus Planet Power, Make Up

- Neptune Planet Power, Make Up



Mas nada aconteceu, as guerreiras não estavam transformadas, as suas canetas de transformação tinham-se partido e os seus cristais estavam nas mãos de cada uma. Ao local estava a chegar Bunny cabisbaixa pelo facto de o seu cristal ter-se partido.



- Bunny!!! Ajuda-nos…. – Tentava gritar Rita mas Bunny não a tinha ouvido



Bunny estava demasiado concentrada nos pensamentos para ouvir seja o que for. As outras Guerreiras estavam, exaustas, já não podiam fazer nada, não tinham poderes e isso tornava-se uma vantagem para o Ail e An que apareciam agora junto do seu demónio:



- Finalmente temos aquilo que queremos, a vossa destruição, vocês vão morrer! Se pensam que nos esquecemos que vocês nos quiseram matar estão muito enganados! – Gritava An exasperadamente



- An… nós lutamos contra vocês é verdade… mas depois a Bunny curou a vossa árvore e vocês perceberam o quanto vocês se amavam… – Tentava Maria chamar à razão a An



- Mentirosas!!! – Gritava An – Ataca ZumZum

O demónio atacava-as, contudo três estrelas cadentes voltavam à terra



- Não sei quem são vocês, mas não pensem que fazem mal às nossas amigas! – Verbalizava uma delas



- Quem são vocês? – Inqueria Ail



- Somos três estrelas cadentes a vaguear pelo espaço! Somos as StarLigths! - Diziam as três em uníssono



- Star Sensitive Inferno – Atacava a sailor Star Healer, destruindo assim o demónio

- Vocês estão bem? Mas o que aconteceu para não se transformarem? – Perguntava curiosa Fighter – E onde anda o meu pudinzinho?

- Fighter agora não é hora de pensar nela temos que os fazer parar de alguma maneira antes que façam algo de grave! – Falava Rita tentando que se concentrassem no inimigo

- Vocês pensam que podem algo contra nós! Cambada de ingénuas… - Ria-se An desaparecendo

- Fugiram…! – Irritava-se Haruka – Por vossa culpa StarLights

- Se não fossemos nós vocês tinham morrido! – Acarretava Fighter

- Vocês tenham calma. Haruka não precisas de estar assim pois sem as StarLights não tínhamos sobrevivido e… – tentava acalmar os ânimos Rita

- E… nada Rita. Mariana vamos embora! – Dizia Haruka metendo-se no carro

- Bem nós vamos embora. Já vimos que não fomos bem recebidas… - Queixava-se Maker



Bunny estava em casa quando resolveu ir buscar os fragmentos do cristal prateado, mas à medida que descia as escadas ouvia o barulho estridente da sua campainha.



- Já vai… - Falava Bunny

- Olá Bunny. Estávamos preocupadas contigo Bunny, que se passa? – Perguntava Maria

- Não foi nada meninas…. – Respondia Bunny à pergunta da sua amiga

- Bunny… temos de falar urgentemente… - Afirmava Ami

- Entrem… - dizia Bunny ao convidá-las para entrar

- Bunny que se passou? Passas-te por nós nem nos ajudaste Bunny. A Rita inclusive gritou por ti mas tu parece que fizeste ouvidos de mouco – Falava Maria

- Desculpem meninas… Eu… Eu fui raptada pelo Diamante… - Contava Bunny a Choramingar

- O QUÊ O DIAMANTE!!!??? – Diziam todas em uníssono

- Sim ele voltou e está naquele edifício que eu entrei… e com ele está a Esmeralda. O pior nem foi isso…

- Então foi o quê? – Perguntava Joana

- Foi o cristal prateado que se partiu… - afirmava Bunny

- Como isso é possível? – Perguntava uma gata azul acabada de entrar pela janela

- Não sei…

- Onde é que ele está neste momento? – Inquiria Artémis

- Está dentro da minha mala… - Respondia Bunny dirigindo-se à sua mala

Bunny fora buscar a mala na esperança de encontrar os fragmentos do seu cristal



- Ora bem deixa cá ver… Os fragmentos desapareceram…. - Falava Bunny em choque

- O meu cristal também desapareceu – Queixava-se Ami

- E o meu – dizia Joana

- O meu também desapareceu – respondia Rita

- Igualmente aqui! – Exclamava Maria.

Na rua Seiya caminhava pensativo quando se deparou com a casa da Bunny. Decidiu ir vê-la. Bunny ouve o som estridente da campainha outra vez e vai à porta.



Quem é? – Questionava Bunny

Pudinzinho… – Respondia Seiya do outro lado da porta

Bunny não queria acreditar que aquele poderia ser quem ela estava a pensar, de inicio pensaria que fosse Gonçalo que lhe fizesse um surpresa mas depressa se lembrou que o Gonçalo já não queria saber dela para nada e lembrou-se do Seiya.

Ela abriu a porta e de facto comprovou que era Seiya

- Olá Bunny… posso entrar? – Perguntou Seiya

- Sim claro… Mas o que fazes aqui? – Inquiria Bunny

- Olá meninas estão melhores?

- Sim Seiya, obrigado! – Agradecia Rita

- Pudinzinho vim só saber se estavas bem. Tenho de ir andando….

miki-chan
Shoujo Iniciante
Shoujo Iniciante

Feminino Mensagens : 19
Reputação : 0
Pontos : 8736
Data de inscrição : 15/10/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Em Andamento] Eterna Sailor Moon

Mensagem por miki-chan em Dom Out 18, 2009 1:17 pm

Bunny despedia-se de Seiya e volta para a sala questionada se por ventura as amigas já saberiam da vinda delas, resolveu perguntar:

- Meninas já sabiam que eles tinham voltado?

- Sim Bunny foram eles que nos salvaram…. – Confirmava Joana

- Meninas voltando ao tema que nos trouxe aqui, digam-me por favor o que aconteceu… – Pedia Luna

- Estávamos no templo a discutir sobre aqueles novos edifícios quando ouvimos as pessoas em alvoroço. Fomos a correr para o local e lá deparamo-nos com um demónio, tentámos nos transformar mas foi em vão. O pior foi que as nossas canetas de transformação partiram-se e os cristais desapareceram… - Fundamentava Ami

- Mas isso é impossível – Dizia o incrédulo Artémis

- Isto trata-se de um fenómeno estranho… – começava Joana

- Lá vai ela começar com as suas teorias loucas… Ai! – Queixava-se Maria

- Meninas vejam bem … Primeiro o cristal prateado parte-se e depois, vamos supor que ele tinha esgotado toda a sua energia, ele ao fim desse tempo ia-se partir como se partiu… – Especulava Joana

- Joana é uma boa teoria – Dizia Luna – Mas em relação aos vossos Cristais?

- É simples. Os nossos Cristais não funcionam sem o poder do cristal prateado. – Concluía Joana

- Não Joana Supostamente é os nossos Cristais que dão poder ao cristal Prateado. Não é assim Luna e Artémis? – Falava Ami

O silêncio tinha-se instalado por completo na sala, ninguém se atrevia a quebrá-lo e ninguém sabia responder àquela pergunta. O cristal prateado era algo complicado nem mesmo Luna e Artémis sabiam o que cristal prateado possuía. O silêncio fora quebrado pelo som da campainha da casa da Bunny. Tratava-se de Haruka e Mariana que ao verem as suas canetas de transformação. Dirigiram-se para lá afim de saber se as outras guerreiras também tinham o mesmo problema.

Um outro problema levantado nessa mesma noite foi o facto de Susana não ter dado sinais nenhuns.



O que se passará com Susana? O que farão as guerreiras para voltarem a ter o seus poderes de volta?

Sorry ser tão pequeno em relação aos outros mas é que eu não sabia o que escrever mais neste...

miki-chan
Shoujo Iniciante
Shoujo Iniciante

Feminino Mensagens : 19
Reputação : 0
Pontos : 8736
Data de inscrição : 15/10/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Em Andamento] Eterna Sailor Moon

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum