[Andamento] [MA] RAINBOW

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: [Andamento] [MA] RAINBOW

Mensagem por Milky em Dom Fev 14, 2010 6:23 am

- Mao! Aqui! – Daisuke pareceu feliz de ver o amigo ali.
- Dai, você por aqui? Que surpresa! – interpretou Kyousuke.
- É, resolvemos vir nesse clube, e você? Está com... Mi!? – a surpresa também foi grande ao ver a garota ali.
- Oi, pessoal! – sorriu Miruku.
- Achei que não ia sair de casa! – argumentou Sara.
- É, mas o Mao me ligou e fomos ao cinema e agora estamos aqui, não é? – da mesma forma que alguém tenta fazer ciúme para a pessoa que gosta, Miruku soltou a mão de Kyousuke e o abraçou.
- Ah, é sim. Estão aqui faz tempo?
- Talvez duas horas, não tenho certeza. – respondeu Yuuta com certo desgosto ao ver a cena.
- Sentem com a gente, Mao! Se quiserem, claro! – convidou Daisuke.
- Tudo bem, só viemos tomar alguma coisa. A Mi queria um Milk shake, não queria? – com um sorriso e decidido a colaborar totalmente com o plano, Kyousuke sorriu para a amiga depois de lhe dar um beijo no rosto e voltar a segurar uma de suas mãos.
- Ótimo! Logo já estaremos indo também! – em mais um sorriso, Daisuke chamou o garçom que estava lhes atendendo e “infernizando” Sara enquanto davam espaço no amplo banco para que os recém-chegados se juntassem a eles. Os pedidos foram feitos junto de mais uma xícara de café para Daisuke.
A conversa se iniciou com um assunto paralelo enquanto as bebidas eram esperadas. Kyousuke continuava segurando a mão de Miruku e deixava isso bem claro à vista de Yuuta, que se irritava levemente de ficar olhando aquilo. Assim que trouxe os novos pedidos o garçom retirou, com permissão, o copo com um pouco de suco restante da garota que acompanhava Daisuke e, realmente, sem intenção de fazê-lo, ele perdeu o equilíbrio da bandeja na mão e derrubou o copo de acrílico nas pernas de Sara, que ficou furiosa. Em uma reclamação ela o chamou de idiota e incompetente e foi até o banheiro se limpar deixando bem claro para Yuuta que queria ir embora assim que voltasse. O moço pediu desculpas e retirou-se.
- Que coisa! Ele não deve ter ido com a cara da Sara, ficou perturbando ela a noite toda. – comentou a acompanhante de Daisuke, Naoko.
- Talvez ele só esteja num péssimo dia! – discordou Kyousuke.
- Falando em dia... Parece que você e a Mi tiveram um maravilhoso. – ressaltou Daisuke apontando discretamente para as mãos que não se soltavam.
- É, foi bom sim! Um pouco antes da Sara sair o Mao me ligou. – inventou Miruku.
- Estão saindo há muito tempo? – indagou Naoko.
- Saindo!? – inconformou-se Yuuta.
- É... Pela intimidade dos dois... – continuou ela.
- Eles dois? Naoko, não diga isso! Não pode ser verdade... Pode? – Daisuke estranhou. Realmente era algo de se estranhar, se fosse verdade o que pensava sobre os dois amigos, Kyousuke teria contado... Ou não?
- Dá pra notar! Tanto as meninas como eu já pensamos isso. A Eri jura de pés juntos que já viu vocês dois se beijando num canto do pátio uma vez! – e continuava a confirmar e insistir.
- Espera! Como assim? Já nesse nível, Mao? De ficar se agarrando dentro da escola? – Daisuke ainda estava, um tanto, inconformado.
- Eu também vi uma vez com a Mayuka enquanto saíamos do treino. Não deu pra ver direito, mas os dois estavam bem juntinhos e parecia um beijo. – e foi mais uma conformação. A mentira continuava a ser sustentada com mais fatos que Naoko se lembrava do que as amigas da torcida diziam e as especulações de Daisuke diante de cada situação narrada. Por outro lado, a frustração de Yuuta apenas aumentava cada vez mais... Era difícil continuar ouvindo e suportando aquelas coisas. Sentia seu coração prestes a arrebentar.
- E desde quando estão saindo? – finalmente Yuuta havia dito alguma coisa depois de tantas perguntas de Daisuke e afirmações de Naoko.
- É que... Desde... – Miruku simplesmente engasgava ao tentar encontrar as palavras para levar a impostura adiante.
- Não faz muito tempo. Quase um mês e meio, não é? – vendo que não teria outra saía, Kyousuke inventou uma data qualquer e sorriu, olhando para Miruku, assim que falou o tempo; ela apenas concordou.
- Então a impressão que a Eri teve de ver vocês dois deve ter sido engano mesmo, isso foi ano passado... – ressaltou Naoko. Em uma atitude desesperada, Kyousuke sabia que a colaboração exigiria mais dele.
- Fale pra Eri que pode ter sido, Naoko, mas deixe claro que agora não foi e você viu com os próprios olhos. – um ato impensado de Kyousuke surpreendeu aos quatro ali restantes. Ele ergueu a cabeça de Miruku com a mão que não segurava a dela e aproximou ambos os lábios, dando-lhe um suave e discreto beijo. A revolta subiu pelo corpo todo de Yuuta, que mataria o “amigo” ali mesmo se pudesse, e ficou ainda mais irritado no momento em que ele virou o rosto não deixando a face da garota aparecer. Sem muita demora, ele cessou o carinho e voltou a olhar para os colegas, que estavam estáticos. Sara voltava do banheiro com uma pequena mancha de água na barra do vestido que usava declarando o quanto estava brava:
- Eu nunca mais volto aqui! Detestei esse lugar! Vamos, Yuuta-kun?
- Não precisa me pedir duas vezes, Sara. – ainda com a raiva dominando sua mente, Yuuta levantou de onde estava sentado e puxou Sara pela mão apenas procurando sair o mais rápido dali.
- É, ele ficou irritado. Também, não é pra menos... Não é, Kyousuke? – conjeturou Daisuke.
- Mao, vamos, por favor? – pediu Miruku. Kyousuke olhou para ela, percebeu que a voz estava diferente e viu a ponta de seu nariz se avermelhar lentamente, aquilo era um breve sinal de choro, pelo que a conhecia, estava prestes a derramar lágrimas.

_________________


G-Dragon, me come! Larga as maçãs e vem pra mim, loiro coreano sedução *¬*

Spoiler:
avatar
Milky
Designer
Designer

Feminino Peixes Macaco
Mensagens : 1049
Idade : 25
Reputação : 20
Pontos : 10391
Localização : Em casa, com o Lee *---*
Data de inscrição : 16/08/2009
Emprego/lazer : Ver Tenipuri/TeniMyu serve? e.e Humor : Crise de meia idade -q
A tua Ficha
Nome:: Milky (mentira e.e)
Idade:: 18
O teu maior sonho:: Yuuta só pra mim *¬*

Ver perfil do usuário http://twitter.com/tiaMilky

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Andamento] [MA] RAINBOW

Mensagem por Milky em Dom Fev 14, 2010 6:23 am

- Claro. Dai, paga a bebida da Mi, depois você me devolve o troco. – sem demoras, Kyousuke tirou uma nota, que valia mais do que o Milk shake, da carteira e entregou-a para Daisuke e tratou de sair logo dali com Miruku. Do lado de fora do Café ele apenas se desculpava – Sinto muito, Mi! Eu agi sem pensar, foi a única coisa que me veio na cabeça!
- Tudo bem, Mao... Só me leva pra casa. O Yuuta provavelmente me odeia agora.
O pedido foi realizado e sem conversa alguma durante quase o caminho todo, os dois foram lentamente para a casa das quatro meninas. Chegando lá, Miruku entrou na casa junto de Kyousuke, como já um costume dele e de Daisuke, já que os dois eram tão amigos do quarteto tinham até uma cópia da chave da residência. Assim que entraram viram Yuuta, que ainda estava lá. Ele, Sara, Natsumi e Sayuri viam um programa humorístico na TV. Logo que os viu, o garoto sentiu-se tomado de duas emoções: uma grande raiva e uma tristeza maior ainda.
- Sara, eu já vou. Ainda tenho que terminar umas coisas pra escola. – se levantando rapidamente, Yuuta pediu licença e despediu-se do restante desejando uma boa noite e saiu pela porta com Sara logo atrás dele. Os dois foram para o pequeno portão depois do figurativo jardim que havia depois da porta enquanto Miruku e Kyousuke entravam e fechavam a porta – Desculpe. Hoje foi um verdadeiro fracasso. – parecia triste ao dizer tal coisa.
- É. Realmente me irritei muito, mas foi divertido. Obrigada pela noite, Yuuta-kun. – Sara sorriu como agradecimento. Yuuta tentou retribuir, mas estava magoado demais para tal coisa. Percebendo a melancolia, a morena quis fazer algo, mas nada veio-lhe à mente então apenas despediu-se dele e voltou para dentro da casa.
- E aí, Sara? – indagou Natsumi – Como foi a noite?
- Ah, terrível! Mas bem divertida! Vou tomar um banho, ainda sinto o cheiro daquele suco de abacaxi com hortelã no meu corpo! Boa noite, Mao! – e subiu as escadas para seu quarto rapidamente.
- Mi, se importa se eu também for? São nove horas, mas acho melhor não ir pra casa mais tarde.
- Claro, eu te levo lá fora.
- Boa noite, meninas! – em um sorriso Kyousuke despediu-se de Sayuri e Natsumi. Logo ele já estava porta afora com Miruku, mas parou depois que desceu o pequeno degrau depois da saída da sala e virou de frente para a garota.
- O Yuuta com certeza me odeia depois de hoje.
- Você? Não, ele deve estar magoado. Mas odiar... Só a mim! – falou baixo.
- Por que só você...?
- Fala mais baixo. Ele ainda tá aí. – em um sereno sorriso, Kyousuke afirmou. Miruku não acreditou. Ele disse pra que ela olhasse discreta e atentamente para a coluna de cimento pintada na mesma cor da casa do lado direito que firmava o portão de ferro negro e as baixas grades que cercavam o jardim e a moradia. Yuuta estava lá, encostado, de costas para a porta.
- Como você...?
- Eu sabia que ele não ia embora sem falar comigo. Se ele fosse outro tinha quebrado minha cara no restaurante mesmo.
- Mao...!
- O Yuuta não é assim. Ele prefere conversar. – em uma discreta olhadela ele viu que Yuuta olhava para eles de soslaio – Ele tá olhando, fim do teatro?
- Pode... Ser.
- Desculpe por ter te beijado. – com mais um sorriso Kyousuke abraçou Miruku pela cintura e deu-lhe um beijo novamente. Surpresa, ela nada fez, nem quando ele a levantou poucos centímetros do chão para virar-se em torno de seu próprio eixo de forma que ficasse de frente para Yuuta e pudesse olhá-lo nos olhos. Cessando o contato labial ele desejou boa noite para a amiga, que entrou rapidamente e caminhou para fora da casa parando logo depois de cruzar o portão.
- Por que, Kyousuke? Por que não me contou isso? O Daisuke tudo bem, mas e eu? Sempre soube que eu gostava dela e...
- Foi tudo mentira. Era só um teatrinho. A Mi ficou brava porque você ia sair com a Sara, com certeza ciúme. Ela tentou achar um jeito de fazer com que o encontro de vocês fosse um fiasco, mas não pensou em nada. Ela me ligou desesperada e pediu ajuda pra bolar uma coisa que te deixasse com ciúme dela. – sem pesares Kyousuke disse toda a verdade.
- Por que ela faria isso?
- Não sei. Mas se fez é porque sente alguma coisa por você. Bem! Se resolvam! Boa Noite, Yun! – depois de um sorriso Kyousuke deu um leve tapa em um dos ombros de Yuuta e tomou o caminho de sua casa. Mesmo sem ainda entender o mais alto fez o mesmo.
Na outra manhã no colégio, durante um breve intervalo para troca de aulas, Miruku pegava livros no armário enquanto guardava os que já tinham sido usados. Yuuta fazia o mesmo e finalmente a viu, mas apenas porque ela passou ao seu lado. Em um baixo chamado ele segurou no pulso da garota a fazendo parar. Um tímido cumprimento saiu da garganta da menina, que ainda estava triste, assim como ele.
- Mi, posso te pedir uma opinião?
- Claro, Furukawa-kun.
- Ontem à noite eu comecei a escrever isso... Pode ler e me dizer se está bom? – enquanto falava, Yuuta tirou uma folha dobrada em quatro partes do bolso da calça e a deu dobrada ainda no meio para que a garota lesse. Ela ameaçou abrir o papel e foi impedida por ele – O começo ficou horrível e sem sentido, pode ler só o final?
Ela concordou e leu palavra por palavra, ficando surpresa com o romantismo nas frases. “É lindo”, foi seu único comentário.
- É pra Sara... Como pedido de desculpas pelo encontro.
- Você escreve muito bem. Está perfeito. Ela vai gostar. Tenho que ir pra sala. – e entregou o papel a ele novamente voltando cabisbaixa para a sala. Yuuta desdobrou a folha e leu o início daquele curto poema com os olhos tristes, “Se soubesse que é pra você...”, pensou enquanto levantou o olhar e viu a garota que amava ir embora e desaparecer no meio das outras pessoas.

_________________


G-Dragon, me come! Larga as maçãs e vem pra mim, loiro coreano sedução *¬*

Spoiler:
avatar
Milky
Designer
Designer

Feminino Peixes Macaco
Mensagens : 1049
Idade : 25
Reputação : 20
Pontos : 10391
Localização : Em casa, com o Lee *---*
Data de inscrição : 16/08/2009
Emprego/lazer : Ver Tenipuri/TeniMyu serve? e.e Humor : Crise de meia idade -q
A tua Ficha
Nome:: Milky (mentira e.e)
Idade:: 18
O teu maior sonho:: Yuuta só pra mim *¬*

Ver perfil do usuário http://twitter.com/tiaMilky

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Andamento] [MA] RAINBOW

Mensagem por birdyangel em Seg Fev 15, 2010 3:48 am

QUERO MAIS CONTINUAÇAOOOOOOOO!!!
avatar
birdyangel
Shoujo Iniciante
Shoujo Iniciante

Feminino Capricórnio Cobra
Mensagens : 93
Idade : 27
Reputação : 3
Pontos : 9125
Localização : Hellgarve
Data de inscrição : 28/09/2009
Emprego/lazer : estudante/trabalhador Humor : bem disposta
A tua Ficha
Nome:: Birdynatsumi
Idade:: 19
O teu maior sonho:: Passar uams férias no Alaska, e de seguida passear por Japão!

Ver perfil do usuário http://nihongoanimes-pt.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Andamento] [MA] RAINBOW

Mensagem por Sayra em Qua Fev 17, 2010 6:32 am

WOW! Quero mais ;__________________;
Sim, Milky, demorou mas finalmente está aqui o meu comentário. É que tenho andado sem o tempo que desejo ;_;

Bom, adorei a história *-* vc realmente escreve muito bem como elaborou ela muito bem msm! Quero ver a continuação dela. E tenho pena da Sara (meroko) ela está infernizando a sua vida muahuahauhauhauha '-'
Eu conheço vc há mais tempo que elas? *sou especial ^-^*. Somos amigas internas.

Então afinal você adoptou a minha ideia para o plano de Miruku *-* - lQue elogio-o *O*

Espero ver o Segundo capitulo em breve. Fiquei curiosa *-*

_________________


Spoiler:
[center]
♥️ Arigatou nee, Milky-Chan ♥️


Léo Sign ~~ Fã Club ->Link ^^
avatar
Sayra
Administrador
Administrador

Feminino Libra Cavalo
Mensagens : 946
Idade : 27
Reputação : 35
Pontos : 10465
Localização : No meu cantinho especial, com o Frau *-*
Data de inscrição : 15/08/2009
Emprego/lazer : Estudante/Timmer Humor : Cansada Ç_Ç
A tua Ficha
Nome:: Cláudia
Idade:: 19
O teu maior sonho:: Ir ao Japão *Q*

Ver perfil do usuário http://shoujotemptation-pt.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Andamento] [MA] RAINBOW

Mensagem por Milky em Qua Maio 12, 2010 4:21 am

Demorou, demorou e demorou! Mas finalmente está aqui!! O capítulo 2 ficou pronto ontem de noite!
Não postei porque tava com sono BUT cá está! Espero que gostem do meu longo trabalho!
Foi complicado escrever esse capítulo, mas eu consegui e acho que saiu bem feito, bem explicado e bem esclarecido! Espero que realmente gostem, ok?

_________________


G-Dragon, me come! Larga as maçãs e vem pra mim, loiro coreano sedução *¬*

Spoiler:
avatar
Milky
Designer
Designer

Feminino Peixes Macaco
Mensagens : 1049
Idade : 25
Reputação : 20
Pontos : 10391
Localização : Em casa, com o Lee *---*
Data de inscrição : 16/08/2009
Emprego/lazer : Ver Tenipuri/TeniMyu serve? e.e Humor : Crise de meia idade -q
A tua Ficha
Nome:: Milky (mentira e.e)
Idade:: 18
O teu maior sonho:: Yuuta só pra mim *¬*

Ver perfil do usuário http://twitter.com/tiaMilky

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Andamento] [MA] RAINBOW

Mensagem por Milky em Qua Maio 12, 2010 4:26 am

Capitulo 2

- Mi, você não pode ficar nessa hostilidade com a Sara pra sempre! – mais uma vez Sayuri tentava fazer a amiga mudar de idéia.
- Não vou voltar atrás! A Sara fez de má fé, Say!
- Mas assim não dá! Miruku! Me escute!
Era o terceiro dia depois do tal encontro duplo que Daisuke havia proposto para ele e Yuuta. O novo jeito do rapaz realmente despertou interesse em várias garotas, mas apenas externamente. Miruku e Sara continuavam sem se falar, mas por pura birra da garota que havia idealizado tal mudança. Enquanto Sayuri tentava convencê-la, Natsumi falava com a outra parte:
- Sara! Você devia pedir desculpas pra ela! – insistia.
- E por quê? Eu não fiz nada errado! Apenas saí com um novo amigo! Ela que faz birra demais!
- Nós duas sabemos como é a Miruku, certo? Ela é cabeça dura, Sara, mas você provoca!
- Ela que venha pedir desculpas pra mim!
A manha provavelmente continuaria por muito tempo, ou não... Quem sabe! Era difícil convencer as duas a mudarem de idéia, um belo exemplo disso é a escolha da cor das paredes da sala da casa: Sara queria rosa e Miruku azul, tanta foi a discussão que a cor acabou por ser verde claro. Enquanto a “briga” era para fazer as meninas uma se desculpar com a outra, o lado masculino dos colegas já “discutia” por outra coisa...
- É, Yuuta, devo admitir que a Mi fez mesmo um trabalho excelente! As líderes de torcida estão todas comentando sobre sua mudança! – falou Daisuke enquanto ele, Yuuta e Kyousuke andavam pelos corredores do colégio até seus armários.
- Pode até ser, mas o que eu esperava não vai acontecer tão cedo. – lamentou ele.
- Só porque você quer! Tem que partir pra conquista, Yun! Se você realmente quer a Mi do seu lado tem que conquistá-la! – insistiu Kyousuke.
- Faz sentido, mas... Eu não sei como!
- Depois cuidamos disso! Agora... Yuuta, porque você não levou a gente pro seu apartamento mesmo? – indagou Daisuke.
- É! Também quero saber! Nos levou pra casa da sua avó! Tá certo que é sua casa também, mas... Mesmo assim!
- Eu sei que vocês ficaram curiosos pra saber, Kyousuke, mas eu não podia levar as meninas lá do nada... Ia ser estranho e alguém com certeza ia contar aos meus pais! - defendeu-se Yuuta.
- É, tem esse detalhe... Aliás, quando eles vão vir te ver de novo? Já passaram dois meses! – ressaltou Daisuke.
- Eles disseram que vêm depois do dia dos namorados. – contou Yuuta.
- Mas isso é na sexta! Então faltam dois dias, Yun! – alegrou-se Kyousuke – Dois dias pra você ver seus pais e dois dias pra você começar a ganhar o amor da Mi!
- Ganhar? Amor!?
- É, companheiro! E vamos te treinar pra isso! O Mao entra com o que ela gosta e eu com o jeito!
- Jeito!? Mas, Daisuke! Eu mal consigo falar com ela!
- E quem disse que ela precisa saber? Começaremos com um admirador secreto e, mais pra frente, com o Yuuta que é cheio de amores por ela, mas sem ficar cafona e chato! E se conseguir um encontro a sós com ela, vai pagar um sorvete pra gente! – explicou e exigiu Daisuke.
- É! E da sorveteria cara e chique que tem perto da sua casa! – pediu Kyousuke.
- Tudo bem, um sorvete em troca do encontro. Mas só se eu conseguir fazer por mim mesmo! – concordou Yuuta.
As coisas não deveriam sair tanto do rumo naquela altura. Entretanto era quase impossível. O dia continuou sendo hostil em um geral, Sara e Miruku não faziam nada em que pudessem se encontrar e ficavam separadas até mesmo de Sayuri e Natsumi se isso as obrigasse a ficarem juntas. As horas eram tão lentas a passar que a sensação foi de um dia inteiro até o momento do intervalo... Mas o que fazer? A única coisa que Miruku fazia no intervalo era sentar no pátio debaixo de uma árvore com as meninas e os dois amigos para comerem alguma coisa, mas estava brava com Sara... Então o que fazer? Uma coisa nunca tentada antes? Assim que saiu da sala Miruku ficou olhando para as escadas que subiam para outros dois andares do prédio e, por fim, o telhado. Sem pensar muito ela decidiu subi-las e passar esse tempo respirando o ar de cima... Que mal teria em ir para o telhado? Quase ninguém ficava lá mesmo...
Ela subiu e abriu a pesada porta de metal sem muita dificuldade, alguém mais já estava lá pela forma que a porta se encontrava, mas ela nem se importou. A moça deu alguns passos no chão de concreto e ouviu uma música. Continuou andando e o som aumentou aos poucos. Ela caminhou até que a música pudesse ficar nítida e viu dois rapazes, que não se lembrava de conhecê-los do colégio, mas eles estavam ali, dançando ao ritmo da música que era algo bem urbano e agitado como dança de rua misturado com rap... Ou algo do gênero, um som desconhecido que nem ela sabia o que era ou de onde tinha vindo. Miruku continuou observando os dois de longe, mas apenas um deles dançava enquanto o outro via e comentava sobre os passos. Ambos eram morenos, com uma diferença de altura quase nula, mas os rostos ainda eram um mistério.


Última edição por Milky em Qua Maio 12, 2010 4:48 am, editado 2 vez(es)

_________________


G-Dragon, me come! Larga as maçãs e vem pra mim, loiro coreano sedução *¬*

Spoiler:
avatar
Milky
Designer
Designer

Feminino Peixes Macaco
Mensagens : 1049
Idade : 25
Reputação : 20
Pontos : 10391
Localização : Em casa, com o Lee *---*
Data de inscrição : 16/08/2009
Emprego/lazer : Ver Tenipuri/TeniMyu serve? e.e Humor : Crise de meia idade -q
A tua Ficha
Nome:: Milky (mentira e.e)
Idade:: 18
O teu maior sonho:: Yuuta só pra mim *¬*

Ver perfil do usuário http://twitter.com/tiaMilky

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Andamento] [MA] RAINBOW

Mensagem por Milky em Qua Maio 12, 2010 4:27 am

O garoto que dançava parou e foi elogiado pelo outro, que riu depois de falar e abaixou-se para mexer num Ipod que estava conectado a um amplificador de som minúsculo composto de duas caixas quadradas de menos de 10 centímetros e pareciam caixas de um aparelho de som estéreo. A música parou e foi mudada para um estilo que lembrava danças latinas, como salsa, porém mais animada. Ele logo começou a dançar sozinho; ergueu uma das mãos e passou a outra em volta da própria cintura e começou a fazer passos curtos com os pés e rebolou os quadris, parando logo depois e rindo. O outro, que não dançava tentou segurar o riso colocando uma das mãos na boca e se virou na direção de Miruku a vendo parada ali.
- Parece que tínhamos uma platéia solo, Masa! – comentou ele com um sorriso.
- Oh, vejamos isso! – o outro correu até Miruku e segurou em uma de suas mãos fazendo uma pequena e elegante reverência – Pela primeira vez alguém nos assistiu! Como se chama, querida?
- Ah... Yanagawa, do segundo ano sala seis. – respondeu ela corada.
- Muito prazer! Eu sou Nakagauchi Masataka e aquele é o Harukawa Kyousuke, somos da sala dois! Alguma
coisa em especial te trás aqui? – perguntou ele enquanto conduzia Miruku calmamente até onde estava seu amigo.

- Só vim tomar meu lanche aqui em cima hoje, Nakagauchi-kun...! – respondeu com um sorriso em seguida.
- Por favor, me chame pelo nome ou de Masa e o Kyousuke de Haru, tudo bem? – pediu ele enquanto se sentava no chão parando a música no aparelho sonoro.
- É, e você também deve ter um nome, não? – Haru, que já estava sentado, ficou curioso para saber o nome da menina.
- Sim, é claro... É Miruku, minhas amigas costumam me chamar de Mi... – respondeu um pouco sem jeito.
- Você disse que veio tomar o lanche aqui? Nunca te vimos aqui por cima e viemos todo santo dia dançar no telhado! – falou Masataka ficando pensativo logo depois.
- É, eu geralmente fico com as minhas amigas no pátio, mas briguei com a Sara e não quero ficar perto dela! – explicou.
- Deve ter sido uma discussão e tanto, Miruku. – estranhou Haru.
- Ah! Já sei! Sala seis, não é? Então você conhece o Yuuta! – associou Masataka, finalmente, depois de muito pensar.
- Bem... Sim...
- Espera, espera... Miruku... Foi você que fez ele topar a mudança de visual, não foi!? – perguntou.
- É, acho que sou culpada... Mas vocês dois se conhecem?
- O Yuuta é meu amigo já tem um tempo! Bem, alguns anos... Mas pelo visto você estudava com ele antes e nem prestava muita atenção... – observou Masataka.
- Eu não costumo prestar atenção nas pessoas que me rodeiam a não ser minhas amigas, o Daisuke e o Mao... – ela sorriu sem graça.
- Ah, então você é a mesma Miruku que o Mao fala tanto! É incrível que ele não para de falar numa garota perfeita, ela estuda quatro salas pra frente da nossa e nunca a vimos de perto! – Haru também a conhecia só de nome, e provavelmente, as outras três meninas também.
A conversa entre os três se estendeu e foi ficando cada vez mais interessante, tanto que Miruku se esqueceu da garrafa pequena com suco de frutas que tomava toda manhã. Enquanto eles se falavam, Masataka não perdia a chance para tentar fazer uma piada, o que sempre dava certo. Quando Miruku perguntou o motivo daquilo a resposta foi simples e objetiva “É minha artéria cômica”, e simplesmente riu. Não rir das piadas casuais e cotidianas dele era quase inevitável a todo instante. Em uma bela e apreciada sugestão de Haru, eles decidiram ensinar a garota a dançar algo, o que foi negado instantaneamente. Com um pouco de insistência Masataka a convenceu a aprender o estranho e misturado ritmo latino que ele dançava antes. Com a música tocando novamente ele passou a mão pelo meio das costas da menina e sorriu enquanto segurava sua outra mão um pouco erguida e afastada do corpo.
- Desde quando se segura a dama desse jeito? – indagou ela.
- Desde sempre! Esse é o jeito certo. Só em algumas danças que o correto é segurar a dama pela cintura, não é, Masa? – respondeu Haru querendo confirmar estar certo.
- É sim! Mas nessa tanto faz, pelo meio das costas ou pela cintura, fica a gosto da mulher...
Em mais um sorriso de Masataka, Haru voltou a música ao início e aumentou o volume. Como um verdadeiro cavalheiro, o “piadista” conduziu Miruku de forma bela e a ensinava cada passo enquanto os fazia de forma simples. Realmente não era o que parecia, mas ele dançava muito bem, parecia um profissional. Haru observava atentamente já que ele estava ali aprendendo a dançar com Masataka todos os dias, ele ficava encantado não só por ver a forma como o colega dançava bem sozinho, mas também, naquele momento, como ele sabia conduzir uma garota que nunca havia dançado tão perfeitamente, era algo incrível de ver. Assim que a música terminou o sinal do fim do intervalo tocou quase que de forma sincronizada. Miruku agradeceu pela “aula” de dança e tomou o caminho para voltar a sua sala bebendo o suco de frutas. Os dois ainda demoraram um pouco para descer, mas logo estavam em sua sala.
- Eu acabei de dançar com o amor da vida do Yuuta! Gente, alguém me dá uns tapas por isso! – lamentou
ele entrando na classe.

- Drama outra vez, Masa? O que tem você ter dançado com ela? – perguntou um amigo.
- O fato, Yuichiro, é que ela é simplesmente tudo que ele diz e um pouco mais! – explicou ele sentando-se em seu lugar de costume, ao lado do colega.
- Não acredito. – riu ele.
- É sério, Yuichiro! Ela é bonita, simpática, branquinha, linda, parece uma boneca... Eu já disse que ela é linda? Haru tentava explicar, mas parecia mais maravilhado do que qualquer outra coisa.


Última edição por Milky em Qua Maio 12, 2010 4:54 am, editado 1 vez(es)

_________________


G-Dragon, me come! Larga as maçãs e vem pra mim, loiro coreano sedução *¬*

Spoiler:
avatar
Milky
Designer
Designer

Feminino Peixes Macaco
Mensagens : 1049
Idade : 25
Reputação : 20
Pontos : 10391
Localização : Em casa, com o Lee *---*
Data de inscrição : 16/08/2009
Emprego/lazer : Ver Tenipuri/TeniMyu serve? e.e Humor : Crise de meia idade -q
A tua Ficha
Nome:: Milky (mentira e.e)
Idade:: 18
O teu maior sonho:: Yuuta só pra mim *¬*

Ver perfil do usuário http://twitter.com/tiaMilky

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Andamento] [MA] RAINBOW

Mensagem por Milky em Qua Maio 12, 2010 4:27 am

- Sim, já disse. E esqueceu de falar que ela é baixinha também! – completou Masataka – Se perto de mim ela fica um pouco abaixo dos meus ombros imagino perto do Yuuta!
- Dá pra entender porque ele gosta dela, ou não... – Haru continuava a pensar em outras coisas enquanto se sentou na carteira que ficava a frente da que Yuichiro sentava.
- Talvez até dê... Mas ela pareceu desconfortável ao ouvir o nome dele. – ressaltou Masataka.
- Então você acha que ela não gosta dele? – indagou Yuichiro.
- Não sei... Mas talvez ela saiba o que ele sente ou algo assim... Mas ela é uma menina fácil de se gostar até como amigo. Ela é... Fofa. – respondeu.
Logo um professor entrou na sala e as conversas paralelas cessaram. Masataka continuava a imaginar o motivo para a garota ter ficado daquele jeito ao ouvir o nome de Yuuta, mas não conseguia chegar a uma conclusão aceitável para ele mesmo. O resto do dia se passou e ele ficou esperando Miruku do lado de fora de sua sala. Ela demorou, mas finalmente saiu, e com Sayuri ao seu lado. Sayuri ainda tentava convencê-la a falar com Sara, mas foi interrompida por Masataka, que a esperou tão ansiosamente:
- Miruku-chan! Oh... Olá, amiga da Miruku-chan... – ele foi simples nos gestos, nem esperou Miruku responder e tomou uma das mãos de Sayuri delicadamente e beijou-a as costas, o que fez a garota corar – Nakagauchi Masataka ao seu dispor.
- Não esperava te ver aqui, Masa... Ah, é! Essa é a minha amiga Sayuri! Say, acho que já conheceu o Masa.
- S-sim! Muito prazer, Nakagauchi-kun...!
- Pelo nome, por favor! Ah, Miruku-chan, você conversou com o Yuuta hoje?
- Com o Furukawa-kun...!? – ela engasgava só de pensar em tal pessoa.
- Masataka-kun, sentimos muito, mas temos que ir agora! Estamos lotadas de lição de casa e vamos passar a o resto da tarde fazendo isso e também temos que resolver umas coisas em casa! Dividir uma casa entre quatro mulheres é bem complicado, sabe? Temos que ir! – Sayuri tentou arranjar a desculpa mais rápida que pôde pensar naquele momento. Ela sorriu enquanto explicava, alegremente, um sorriso tão encantador que fez Masataka perder as reações.
- Um sorriso de flor... – sibilou ele.
- Flor? – as duas não entenderam.
- Ah, tudo bem! Se vocês têm tanta coisa pra fazer não sou eu que vou impedi-las! Até amanhã no telhado, Miruku-chan! – sorriu ele para a nova colega, então virou-se para a outra moça com um sorriso terno – E até nos esbarrarmos por aí amanhã, Sayuri.
Um último sorriso foi dado pelo garoto, que foi embora depois de dar um beijo no rosto de cada uma das meninas. Em pouco tempo ele já havia sumido do corredor e descia as escadas correndo, certamente atrás de seus amigos. Sayuri parecia estar encantada por alguma coisa e não conseguia articular as palavras, Miruku olhou-a enquanto perguntava o que ela tinha achado de seu novo amigo. A forma como ela permanecia com os olhos fixos no ponto em que ele andou até descer as escadas e as bochechas um pouco coradas fizeram a outra dar uma leve risada. Sayuri, então, percebeu do que ela ria e irritou-se levemente, mas ela tinha razão: havia ficado sem reação e hipnotizada pela forma que foi tratada por aquele galanteador desconhecido. E tal pessoa? Masataka correu o máximo que conseguiu para chegar logo à entrada do colégio onde Yuichiro e Haru o esperavam.
- Ah, ele tá vindo! – sibilou Haru, acenando para Masataka, quando o viu se aproximando.
- Correu a escola toda? – Yuichiro ficou surpreso ao ver o quão cansado o colega estava.
- Na verdade... – ele parou e respirou fundo – Eu encontrei a Miruku-chan... E a garota mais perfeita que já vi na vida!
- Você disse isso da sua ex-namorada, Masataka! – suspirou Yuichiro enquanto os três começavam a andar.
- Sim, mas a Chiaki era um saco na minha vida! Não sei como suportei aquela mulher por cinco meses!
- Tá, e quem é a de agora? – indagou Haru.
- É uma amiga da Miruku-chan... É mais alta que ela, tem cabelos lindamente cacheados, olhos castanhos e brilhantes... E um sorriso de flor. – sorriu.
- Sorriso de flor? – estranharam os outros.
- Sim, de flor... A mais linda flor que já vi.
Masataka continuou falando de sua nova preciosa garota enquanto os três andavam juntos para algum lugar em comum. Eles caminharam até a estação do metrô e foram para o centro de Tóquio, lá andaram mais um pouco, em uma rua mais calma, até se aproximarem de um prédio pintado de verde água e com vários andares. Lá, estavam mais dois garotos parados na entrada. Ambos eram mais altos que Masataka, Yuichiro e Haru. Um deles tinha os cabelos dourados e longos até o pescoço, além de ondulados e o outro, já era bem conhecido deles.
- Ah, finalmente chegaram! – Yuuta, que esperava os três garotos junto de outro amigo, animou-se ao vê-los ali, estavam um pouco atrasados.
- Onde se meteram? – perguntou Kei, o menino que aguardava os amigos junto de Yuuta.
- Brigue com o Masa, Hosogai-kun, foi ele que demorou paquerando por aí! – repreendeu Yuichiro.
- Eu não fiquei paquerando ninguém! Só tava esperando a Miruku-chan sair da sala dela! Não sabia que ela ia estar acompanhada...
- Do novo amor da sua vida! Já sabemos, já sabemos! – Haru suspirou ao interromper Masataka, que ficou sem graça pelo que foi dito. Ele foi o primeiro a entrar no tal prédio. Abriu a porta de vidro com alicerces e batentes de madeira e começou a subir as escadas até chegar em uma pequena ante-sala que era como uma recepção; havia um balcão com uma moça atrás dele –certamente uma secretária ou recepcionista– e dois sofás de couro negro com uma mesa de centro ao meio, logo seguia o corredor e no fim dele uma porta fechada que dizia “diretor” em uma placa bem no meio da madeira, pelo outro lado haviam os banheiros masculino e feminino, então outro lance de escadas e uma porta de elevador perto dos toaletes...


Última edição por Milky em Qua Maio 12, 2010 5:04 am, editado 1 vez(es)

_________________


G-Dragon, me come! Larga as maçãs e vem pra mim, loiro coreano sedução *¬*

Spoiler:
avatar
Milky
Designer
Designer

Feminino Peixes Macaco
Mensagens : 1049
Idade : 25
Reputação : 20
Pontos : 10391
Localização : Em casa, com o Lee *---*
Data de inscrição : 16/08/2009
Emprego/lazer : Ver Tenipuri/TeniMyu serve? e.e Humor : Crise de meia idade -q
A tua Ficha
Nome:: Milky (mentira e.e)
Idade:: 18
O teu maior sonho:: Yuuta só pra mim *¬*

Ver perfil do usuário http://twitter.com/tiaMilky

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Andamento] [MA] RAINBOW

Mensagem por Milky em Qua Maio 12, 2010 4:27 am

- Miruku-chan...? – estranhou Yuuta.
- É, segundo ele é a sua musa sim, Yun. – explicou Yuichiro.
- Masataka! – reclamou Yuuta.
- Não! Relaxa! Eu tava no telhado com o Haru como todo santo dia e ela apareceu lá, ensinei ela a dançar um pouco e esperei ela sair pra saber se ia ficar com a gente amanhã no intervalo do almoço outra vez! – explicou-se ele indo até o balcão.
- Não precisa duvidar do Masataka, Yuuta. Acha que ele daria em cima da garota que quase todo mundo sabe que você gosta? – Kei apenas deu um sorriso e tranqüilizou a situação enquanto apertava o botão do elevador. Masataka deu os nomes dos cinco para a moça e voltou para junto dos amigos. Em mais alguns minutos já estavam todos no quarto andar do prédio tendo, cada um, uma aula de dança diferente: Haru e Masataka tinham aula de dança de rua, Kei de dança contemporânea, Yuuta de jazz clássico e Yuichiro de dança de salão.
Quanto ao núcleo feminino... Ainda permanecia dividido em duas partes. Natsumi e Sara estavam passeando pelas ruas de Shibuya, cada uma com um café gelado na mão, procurando algo para fazer. A loira ainda permanecia de mau humor e poucas palavras enquanto a ruiva tentava convencê-la a se animar:
- Vamos, Sara! Eu até vim pra Shibuya fazer compras com você, mas continua de cara fechada! Será que daria pra você e a Miruku pararem com essa frescura?
- Já disse que não olho na cara dela enquanto não me pedir desculpas! Ah, Minha loja favorita tá aberta! – em poucas palavras ela disse o que queria e achou um jeito de fugir do assunto correndo até uma das lojas que mais gostava.
- Sara...! – reclamou Natsumi a seguindo.
Já na casa, Sayuri e Miruku faziam uma pequena faxina enquanto conversavam sobre o feriado que chegaria
na sexta:

- Já sabe se vai dar chocolate pro Yuuta também, Mi?
- O que quer dizer com isso!?
- Ora... O que eu quis dizer! Não vai dar nada pra ele na sexta? É dia dos namorados!
- Eu sei!
- Então?
- Então o quê, Sayuri? Por que eu daria chocolates pro Furukawa-kun!? Sabe que eu só dou pro Mao e pro Daisuke!
- Você sente alguma coisa por ele, Mi, não precisa mentir pra mim. Deixe de ser teimosa consigo mesma!
As palavras de Sayuri pesaram na hora continuariam a pesar na cabeça de Miruku por mais a noite toda. Quase duas horas depois do fim da faxina, perto das oito da noite, Natsumi e Sara chegaram e a loira estava com várias sacolas nas mãos, definitivamente havia se livrado do estresse que a incomodava. Não mais tardou e todas já estavam dormindo em seus quartos. A outra manhã chegou logo. Era quinta-feira, véspera do dia dos namorados e o dia do início do plano de conquista que Daisuke havia traçado milimetradamente junto de Kyousuke. Os dois estavam esperando a chegada das garotas junto com Yuuta, que parecia ansioso.
- Elas estão demorando! – reclamou o impaciente.
- Já vão chegar! Ah, olha a Sara ali! – Daisuke viu que Sara e Natsumi chegavam e foi até elas dizendo para Yuuta não se esquecer do plano que haviam feito. Aproximou-se delas, conversaram um pouco e logo as tirou de perto dos armários. Não demorou muito e Miruku chegou junto de Sayuri.
- Tá, vamos, Yuuta! É a sua chance! Não esquece! – encorajou Kyousuke enquanto puxava Yuuta pela manga
da camiseta para irem até as duas – Bom dia, amores da minha vida! – e sorriu.

- Bom dia, Mao! Bom dia, Yuuta-kun! – sorriu Sayuri.
- Dia... – sibilou Miruku, bem baixo, e escondida pela porta do armário – Furukawa-kun!? Ah... Ah! B-bom dia! – ela gaguejou ao perceber que ele estava lá e, se pudesse, tinha se enfiado dentro do armário.
- Bom dia, garotas. – Yuuta foi educado como sempre era, mas bem menos tímido.
- Ah é! Say, você pode vir pra sala antes e me ajudar com a lição de inglês? Não consegui fazer direito! – Kyousuke logo achou uma desculpa para tirar a outra menina dali e deixar os “apaixonados” sozinhos. Sayuri concordou tendo em mente as intenções do colega e fechou o armário rapidamente para saírem dali. Yuuta apenas os observou saírem e o gesto de positivo que Kyousuke fez antes de subir as escadas. Ele engoliu em seco e respirou fundo antes de falar algo.
- Mi... Tá tudo bem com você ou o seu armário?
- Tá sim, tá sim! Obrigada!
- Então... Por que não sai de dentro dele?
- Não vai querer me ver, não dormi direito e tenho olheiras do tamanho das de uma rã!
- E rãs têm olheiras? Olha, Miruku... Não importa, pra mim, sempre vai estar linda. – Yuuta corou, mas usou uma das dicas que Daisuke lhe dera: elogiá-la com sinceridade. Miruku sentiu o coração bater mais forte e nada disse – Não vai mesmo sair daí e me deixar ver seu rosto?
- Já disse, não vai querer... Estou horrível!
- Mas eu quero, vai alegrar meu dia ver um sorriso seu. E que tal me deixar decidir se está bonita a meu ver ou não? – e era a mais pura verdade. Miruku deu uma última olhada em seu estado no pequeno espelho que tinha na porta do armário, arrumou os cabelos e verificou como estavam as ditas olheiras e, então, fechou a porta se revelando com um pouco de vergonha.


Última edição por Milky em Qua Maio 12, 2010 5:08 am, editado 1 vez(es)

_________________


G-Dragon, me come! Larga as maçãs e vem pra mim, loiro coreano sedução *¬*

Spoiler:
avatar
Milky
Designer
Designer

Feminino Peixes Macaco
Mensagens : 1049
Idade : 25
Reputação : 20
Pontos : 10391
Localização : Em casa, com o Lee *---*
Data de inscrição : 16/08/2009
Emprego/lazer : Ver Tenipuri/TeniMyu serve? e.e Humor : Crise de meia idade -q
A tua Ficha
Nome:: Milky (mentira e.e)
Idade:: 18
O teu maior sonho:: Yuuta só pra mim *¬*

Ver perfil do usuário http://twitter.com/tiaMilky

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Andamento] [MA] RAINBOW

Mensagem por Milky em Qua Maio 12, 2010 4:30 am

- Eu disse que tava feia. – insistiu. Yuuta apenas sorriu e levou uma das mãos até a cabeça de Miruku, acariciando seus cabelos, desceu a mão até seu rosto e tirou os fios tingidos de rosa da franja que encobriam seu rosto.
- Devia deixar seu cabelo na cor natural... Deve ser mais bonito. E você nem gosta de rosa pelo que sei.
- É, eu não gosto, mas... Ficou bonito no cabelo.
- Acho que a cor natural ficaria mais ainda. Aliás... Vai fazer alguma coisa no intervalo do almoço?
- Bem, eu ia pro telhado ficar com o Masataka e o Haru... Por quê?
- Ah, Masataka, seu cretino! – suspirou – Olha, se mudar de idéia, não quer... Ficar junto comigo? Só no intervalo! Não que... Esteja te chamando pra sair ou uma coisa assim...!
- Claro! Eu adoraria, Furukawa-kun! As duas coisas, mas já que não é um convite pra sair, eu adoraria ficar com você no intervalo! – Miruku sorriu. Mesmo com as palavras de negação para um futuro encontro a idéia de passar um tempo sozinha com Yuuta demonstrava que ele não estava bravo ou tinha ressentimento algum pelo que aconteceu naquela noite com Kyousuke. Yuuta também pareceu sorrir diante da situação, mas se conteve.
Como um cavalheiro, ele se ofereceu para levar os livros de Miruku até sua sala, e insistiu até que ela cedesse. Os dois subiram as escadas juntos como se fossem o casal mais perfeito do mundo, mesmo envergonhados, conversavam pouco sobre algumas coisas, bem pouco. Assim que chegaram à sala da garota, Yuuta entregou-lhe os livros e tomou o caminha da sua que era mais algumas passadas para frente. Mais uma vez as horas passaram a gosto de cada um, a sensação como o tempo transcorre varia para cada ser humano, mas muitos podem achar a forma semelhante, mas não igual. O sinal do intervalo soou e Yuuta saiu rápido de sua sala para ir ao telhado, enquanto subia viu Haru e Masataka alguns degraus abaixo, mas os esperou e foram juntos para o local desejado. Tardando quase dez minutos, a tão esperada companhia de Yuuta chegaria.
- Você devia fazer aula de street dance com a gente, Yuuta! – sugeriu Haru.
- Haru-kun, vocês são bons nisso, eu não. Prefiro ficar com o jazz clássico!
- Não vamos esquecer o balé, Yuuta! Pra alguma coisa aquelas aulas devem ter valido! Sabe que também fiz, por mais estranho que seja admitir! – Masataka parou de se espreguiçar e suspirou lamentando, um pouco, da época da infância que quis fazer aulas de balé clássico.
- Eu gostei de ter feito aulas de balé clássico e estou gostando de fazer as de jazz clássico! Eu só as fiz porque minha mãe me obrigou no início, mas depois que vi Baryshnikov pela primeira vez quando tinha uns cinco anos...
- Você viu Baryshnikov!? – a voz já era inconfundível para Yuuta, que estava de costas e não viu a moça chegando. Os olhos de Miruku simplesmente brilharam ao ouvir aquilo, era um de seus maiores sonhos ver as tão famosas coreografias do falecido bailarino.
- Bom dia, Miruku-chan! – sorriu Masataka ao vê-la e depois de rir do susto que Yuuta levou.
- Bom dia, meninos! – ela sorriu e cumprimentou os dois que não havia visto ainda e ajoelhou na frente de Yuuta, ainda com um brilho de encanto no olhar – Isso é sério, Furukawa-kun?
- Sim, eu já vi várias apresentações de balé e teatro que são famosas na Broadway... Já vi Chicago, Cats e o Fantasma da Ópera várias vezes, além de outras peças, musicais, apresentações de dança... – explicou.
- O Yuuta é um jovenzinho bem culto, não é, Haru!? – Masataka cruzou os braços atrás da cabeça e deu uma leve risada voltando o olhar para o outro colega.
- Achei que soubesse mais sobre ele, Miruku. – argumentou Haru.
- Realmente não sei quase nada sobre o Furukawa-kun. – afirmou ela.
- Ah? Então não sabe que ele é podre de ri...
- Masataka, vamos deixar isso pra lá? Miruku, não quer ir pro outro lado de deixar os dois ensaiando? Eu também quero! – Yuuta interrompeu o outro de uma maneira nada sutil e procurou algo para fugir do assunto o mais rápido que podia. Ele levantou do chão e segurou Miruku pela mão a levando para o outro lado do telhado, onde ficavam alguns bancos, mesinhas e alguns vasos de plantas.
- É, ela não deve saber mesmo que o Yuuta-kun é cheio da grana. – falou Haru pegando seu Ipod e os pequenos amplificadores de som do bolso da calça.
- Furukawa-kun, o que o Masataka quis dizer? – indagou Miruku enquanto os dois sentavam em uma das
mesas.

- Não foi nada, deixe pra lá, sim?
- Claro, mas... Que tal me contar mais de você? Não nos conhecemos bem!
- Ah... Certo, mas... Se fizer o mesmo!
- Então eu começo! – ela sorriu abertamente enquanto tentava abrir a tampa da pequena garrafa de suco de frutas vermelhas que havia levado, mas em vão, parecia estar tão bem apertada que ela sequer conseguia um mínimo movimento. Yuuta riu vendo aquilo e tomou a garrafa das mãos dela, delicadamente, e abriu-a sem muito esforço.
- Precisa de mais vitaminas, Miruku. – ele sorriu serenamente e com os olhos deixando as mãos sobre as dela assim que lhe devolveu o suco.
- Obrigada, Furukawa-kun...
- Não disse que queria começar?
- Sim! Claro! Bem... Eu sou de Osaka, um pouco longe, não? Morava com meus pais lá e já conhecia a Sayuri desde criança porque eu vinha muito pra Tóquio visitar uma tia... Foi então que um dia vim visitá-la e conheci a Sara e a Natsumi, ficamos amigas e dois anos depois a Natsumi veio com a idéia de morarmos juntas! Foi difícil, mas convenci minha mãe!
- Deve ter sido um trabalho chato, não?
- É, foi bem complicado... Mas ela deixou e vim pra cá definitivamente! Conheci o Daisuke, o Mao... Você...
- Então foi uma coisa boa ter se mudado, não?


Última edição por Milky em Qua Maio 12, 2010 5:18 am, editado 1 vez(es)

_________________


G-Dragon, me come! Larga as maçãs e vem pra mim, loiro coreano sedução *¬*

Spoiler:
avatar
Milky
Designer
Designer

Feminino Peixes Macaco
Mensagens : 1049
Idade : 25
Reputação : 20
Pontos : 10391
Localização : Em casa, com o Lee *---*
Data de inscrição : 16/08/2009
Emprego/lazer : Ver Tenipuri/TeniMyu serve? e.e Humor : Crise de meia idade -q
A tua Ficha
Nome:: Milky (mentira e.e)
Idade:: 18
O teu maior sonho:: Yuuta só pra mim *¬*

Ver perfil do usuário http://twitter.com/tiaMilky

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Andamento] [MA] RAINBOW

Mensagem por Milky em Qua Maio 12, 2010 4:30 am

- Sim, foi sim! Tá, além disso... Hum, o que mais? Claro! Eu gosto muito de desenhar e de costurar, costumo fazer meus vestidos e concertar cada acidente nas minhas roupas e das meninas! Sua vez, não?
- Ah, sim... Bem, eu gosto de brincar na cozinha de casa e fazer doces, foi minha... Uma colega da minha mãe que cuidava de mim quando eu era mais novo que me ensinou!
- Uma babá?
- É... Como se fosse... Bem, ela me ensinou a fazer doces, dobraduras, costurar algumas coisas e sei me virar bem hoje por causa disso. Meus pais estão em casa quase nunca então preciso saber como lidar com isso.
- Dá pra entender! Lá em casa também somos nós que fazemos tudo, temos até regras e um quadro de tarefas na cozinha!
- Sério isso? Que coisa mais... Diferente!
- O Mao tava certo quando disse que você é bem educado. – Miruku parecia reticente, ela mantinha os olhos fixos em Yuuta e quase não piscava.
- Ele falou de mim?
- Eu acabei perguntando... Mas é só isso? Não vou saber mais nada sobre você, Furukawa-kun?
- Além disso eu gosto de estudar, acho que todo mundo já percebeu, não é? – e deu uma leve risada – Eu
também já fiz aulas de balé clássico, como escutou, e agora faço aulas de jazz durante a tarde!

- Então você também sabe dançar igual o Masataka e o Haru?
- Igual não, mas garanto que danço algumas coisas! E... Também gosto de música, é uma das minhas paixões secretas.
- Sério? Isso soa tão... Perfeito vindo de você.
- Acha mesmo?
- Aham... Você é perfeito, Furukawa-kun... É o menino mais educado que conheço fora as outras coisas!
- Miruku, as coisas podem ser perfeitas aos nossos olhos quando ainda são um pouco distantes, mas elas se tornam apenas belas quando as temos bem mais perto... Claro que isso é só uma frase bonita, mas pode ser verdade às vezes.
- Não entendo dessas coisas, mas você me parece perfeito no sentido de... De... Ah! Deixa pra lá!

- Se quiser, espero um dia que tenha vontade de me dizer. Pode ter certeza que vou lembrar.
- Furukawa-kun...
- Posso te pedir uma coisa, Miruku? – mais uma vez Yuuta sorria. Ele sorria agora e levava uma das mãos às delicadas bochechas da moça, que se avermelharam lentamente.
- C-claro! Pode pedir o que quiser!
- Pode ser quando achar que está pronta, mas me chame de “Yuuta”, tudo bem? – ele acariciava o rosto da menina com uma das mãos e com a outra segurava uma das mãos dela de forma suave, não querendo prendê-la naquele momento, mas apenas tê-la para si por alguns instantes, apenas enquanto falava. Uma resposta ia ser dada, entretanto a delicada e baixa voz foi interrompida por uma mais alta e grossa.
- Finalmente te achei, Yuuta! Ah, foi mal, não sabia que tinha companhia! – Kei logo desculpou-se por ver que Yuuta não estava sozinho.
- Tudo bem, Kei. Pode dizer o que queria, não se preocupe. – com isso, Kei aproximou-se da mesa e sentou na cadeira que estava livre, ao lado da garota – Miruku, esse é meu amigo, o Kei... E essa é a Miruku.
- Hosogai Kei, é um prazer finalmente conhecer a musa inspiradora do Yuuta!
- Musa...!? – estranhou ela.
- Não fala besteira, Kei! Ignore o que ele disse, Miruku! – Yuuta pareceu corar e, agora, apenas segurava nas mãos de Miruku, disfarçadamente.
- Tá, eu só vim dizer que não vou poder ir à aula hoje, você avisa o professor pra mim?
- Está doente ou algo assim pra ir embora, Hosogai-kun? – perguntou Miruku.
- Não, não é aqui! O Yuuta deve ter contado que faz aulas de jazz, eu faço dança contemporânea na mesma escola, assim como o Yuichiro, o Kyousuke e o Masataka.
- Vocês fazem aula de dança todos juntos? – mesmo não sabendo quem era o tal “Yuichiro” Miruku quis saber sobre as aulas de dança.
- É só no mesmo lugar, mas cada um de nós faz um tipo diferente, só o Masataka e o Haru que fazem a mesma aula. – explicou Yuuta.
- Era só isso! Desculpe ter atrapalhado, Yuuta! Vejo você na classe. – Kei despediu-se de ambos e saiu dali voltando para o lado oposto do telhado, onde um público esperava ansiosamente para saber como tinha sido interromper a conversa.
- E aí!? – indagou Masataka.
- Como eles estavam? – perguntou Yuichiro.
- Se disser que estavam se pegando eu me dou um troféu de “melhor conselheiro amoroso”! – “vangloriou-se” Daisuke.
- O Yun gosta dela, mas não é tão apressado que nem você! Ele é um cavalheiro! – retrucou Kyousuke.
- O Hamao tá certo, eu cheguei e ele só estava segurando as mãos dela, pareciam estar conversando, isso sim. – confirmou Kei.
- De mãos dadas!? E ela tava numa boa? – estranhou Sayuri.
- Sim, ambos pareciam
normais. Mas... Ookawa, por que está aqui tão interessada nisso? – Kei já
conhecia Sayuri do ano anterior, haviam sido da mesma classe.

- Aquela cabeça de borboleta é minha amiga desde sempre! Me preocupo com ela já que também gosta do Yuuta-kun. – revelou sem querer.


Última edição por Milky em Qua Maio 12, 2010 5:24 am, editado 1 vez(es)

_________________


G-Dragon, me come! Larga as maçãs e vem pra mim, loiro coreano sedução *¬*

Spoiler:
avatar
Milky
Designer
Designer

Feminino Peixes Macaco
Mensagens : 1049
Idade : 25
Reputação : 20
Pontos : 10391
Localização : Em casa, com o Lee *---*
Data de inscrição : 16/08/2009
Emprego/lazer : Ver Tenipuri/TeniMyu serve? e.e Humor : Crise de meia idade -q
A tua Ficha
Nome:: Milky (mentira e.e)
Idade:: 18
O teu maior sonho:: Yuuta só pra mim *¬*

Ver perfil do usuário http://twitter.com/tiaMilky

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Andamento] [MA] RAINBOW

Mensagem por Milky em Qua Maio 12, 2010 4:31 am

- Também gosta!? – a surpresa foi geral para o restante, até mesmo para Kyousuke.
- Ah... Não sei se posso dizer que é isso, mas parece! E eles ficam tão lindos juntinhos! Quem me dera eu tivesse alguém assim!
- Convida ela pra sair, Masa! – cochichou Haru.
- Não, ainda não! Tenho que me aproximar mais, vai ser estranho pedir isso do nada! – respondeu Masataka com um sorriso.
- Faltam cinco minutos pro intervalo acabar e vai ser difícil de explicar pro Yuuta porque tem tanta gente aqui! – ressaltou Yuichiro.
- É isso aí! Vamos descer! Vem, Dai, vem! – Kyousuke concordou plenamente com o outro e puxou Daisuke pelo braço para que descessem na frente. Yuichiro deu de ombros e foi logo depois junto de Kei.
- Vai descer também, Sayuri-chan? – perguntou Masataka.
- Sim, a Mi pode ter um treco de me ver aqui! – e ela sorriu.
- Nos vemos a saída?
- Se nos encontrarmos... Pode ter certeza, Masataka-kun! – Sayuri continuou com o sorriso nos lábios e desceu as escadas quase saltitando.
- Viu como os cachos dela são lindos, Haru? Ela tem um sorriso de flor que consegue me deixar sem reação! – Masataka sentou no chão cruzando as pernas uma sobre a outra e apoiou o corpo nos braços, que ficaram um pouco para trás do tronco, que estava um pouco curvado, e olhou o céu azulado daquele começo de tarde.
- Ela é bonita sim, mas acho que prefiro outra pessoa.
- Ainda bem que diz isso!
- O que, Masataka? – os dois foram surpreendidos por Yuuta, que voltava com sua musa ao seu lado, o estranho –ou não– é que ainda permaneciam de mãos dadas, bem sutilmente, como se não fosse nada incomum.
- Ah, os pombinhos já terminaram? – indagou ele, com uma risada, no lugar de responder.
- Não fale besteira, Masataka! Só saímos pra deixar vocês à vontade! – justificou Miruku.
- Deviam estar no maior clima de romance lá do outro lado! – insistiu Haru.
- Não é bem assim, Haru-kun... – tentou explicar Yuuta – Aliás, tem como provar o que disse?
- Estão de mãos dadas, quer algo a mais que isso? – Masataka levantou-se e bateu na calça para limpá-la. Yuuta e Miruku olharam-se ao mesmo tempo e logo depois olharam as mãos percebendo que tal coisa era verdade. Os dois coraram quase que instantaneamente e logo soltaram as mãos. A moça começou a enrolar uma mecha dos cabelos castanhos ficando sem graça.
- Acho que vou pra sala! Até depois! – ela sequer retomou o olhar para os garotos e saiu de lá o mais rápido que conseguiu. Eles continuaram lá por mais um pequeno período de tempo e depois, cada um foi para sua sala. Tão logo o dia já acabava e era horário de saída. Mais uma vez Miruku e Sayuri saíam juntas da sala de aula e, dessa vez, não era apenas Masataka que as esperava sair da classe, junto dele estavam Yuichiro, Haru, Yuuta, Daisuke e Kyousuke.
- Nossa, quanta gente! – surpreendeu-se Sayuri.
- Eu vim com o Daisuke só pra me despedir de vocês, os outros eu já não faço idéia! A não ser o Yun! – Kyousuke sorriu enquanto pegava os livros das garotas para que andassem até os armários.
- Como assim o Yuuta? Explica direito, Mao-kun! – Masataka podia ser um grande amigo de Yuuta, mas não sabia o real motivo dele estar lá.
- É! O Yuuta tem um motivo e muito bom! – Daisuke sorriu enquanto abria o armário de Sayuri e deixava Kyousuke guardar seus livros.
- Então diga logo, Yuuta! – pressionou Yuichiro.
- Eu até dou razão pro Yuichiro, mas ficar apressando o Yun não dá certo! – conjecturou Kyousuke terminando de guardar os livros de Miruku.
- Ah, é! Eu não sei quem é o Yuichiro! – Miruku de repente falou como se não estivesse prestando atenção alguma no que acontecia à sua volta.
- Sou eu aqui. – o dito garoto levantou a mão e sorriu para ela, que ficou feliz em saber quem era ele.
- Tá, deixando isso de lado... – Kyousuke segurou na mão de Miruku e a faz aproximar-se de Yuuta – Vamos, vamos! Não quero saber de demora!
- Ah, tá! Já entendi! – Sayuri juntou as peças rapidamente.
- Eu não! Dá pra alguém explicar? – pediu Miruku.
- Não precisa, Miruku! Vamos indo lá pra fora na frente? – Yuichiro sabia de quase tudo, havia simplesmente percebido na hora, e se pôs a andar pelo corredor para a saída junto de Miruku inventando um assunto qualquer e alheio para conversar com ela.
- Tá certo, Yuuta! Agora você vai lá, fala com ela sobre o dia dos namorados, mas não chama pra sair! Só
pergunta o que ela vai fazer! – relembrou Kyousuke.

- Mas eu não tinha que perguntar sobre o chocolate? – estranhou ele.
- Não! Se fizer isso ela pode perceber! A Mi é tapada, mas nem tanto! Esse é o chocolate que ela mais gosta! – Sayuri não sabia de muita coisa, mas Daisuke havia pedido para ela anotar qual era o chocolate favorito dela em um papel, e, agora, ela entregava esse papel para Yuuta.
- É! E não gagueje ou seja tímido! Aja naturalmente como se não se incomodasse de ficar do lado dela! – continuou Daisuke.
- E aja como um cavalheiro! Todos sabemos que você é um, mas não seja chato de tão formal! – aconselhou Masataka.
- Tá, alguém pode me explicar o motivo integral por trás desse plano todo? – pediu Haru.


Última edição por Milky em Qua Maio 12, 2010 5:29 am, editado 1 vez(es)

_________________


G-Dragon, me come! Larga as maçãs e vem pra mim, loiro coreano sedução *¬*

Spoiler:
avatar
Milky
Designer
Designer

Feminino Peixes Macaco
Mensagens : 1049
Idade : 25
Reputação : 20
Pontos : 10391
Localização : Em casa, com o Lee *---*
Data de inscrição : 16/08/2009
Emprego/lazer : Ver Tenipuri/TeniMyu serve? e.e Humor : Crise de meia idade -q
A tua Ficha
Nome:: Milky (mentira e.e)
Idade:: 18
O teu maior sonho:: Yuuta só pra mim *¬*

Ver perfil do usuário http://twitter.com/tiaMilky

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Andamento] [MA] RAINBOW

Mensagem por Milky em Qua Maio 12, 2010 4:31 am

- Vamos fazer o Yuuta se declarar pra Miruku o mais rápido que ele conseguir! – revelou Daisuke.
- Sabemos que a Miruku-chan gosta pelo menos um pouco do Yuuta, sendo assim fica fácil! – completou Masataka.
- É só fazermos os dois se aproximarem o suficiente que o Yun vai saber dar um jeito! Agora vai lá, Yun! – Kyousuke estava confiante de que o plano daria certo.
Tomado de coragem Yuuta foi pelo mesmo caminho que Yuichiro havia feito para sair com Miruku e logo os viu parados. Yuichiro esperava a garota trocar os sapatos que eram usados dentro do colégio por sandálias brancas que combinavam com sua blusa. Yuuta nada precisou dizer e Yuichiro arrumou uma desculpa para ter que ir embora. Mesmo com grande dificuldade ele conseguiu perguntar calmamente o que ela faria no feriado e manter um assunto por um período de tempo, até ter de recusar a companhia da garota para irem para casa até algum ponto em comum. Sayuri saiu alguns minutos depois e foi para casa assim como Miruku. Masataka, Yuichiro e Haru foram para suas aulas de dança enquanto Yuuta foi diretamente para a casa, não sentia vontade de ir para a aula.
Yuuta chegava a um prédio de 23 andares bem luxuoso no lado “rico” de Tóquio, poderia muito bem ter ido de carro, mas quis andar. Andar e pensar. Ele subiu de elevador até o último andar, a luxuosa cobertura. Ele entrou no apartamento, limpou os pés no pequeno tapete que havia a frente da porta e logo uma moça com um vestido preto até os joelhos e um avental amarrado na cintura veio cumprimentá-lo e pegar sua mochila para guardá-la. Ele agradeceu e subiu com a bolsa nas mãos com a desculpa de ter muita lição de casa. Sem demorar, o garoto foi para seu quarto e trancou a porta. Largou a mochila no chão e deitou de bruços na ampla e confortável cama para pensar em tudo que tinha direito. Cerca de meia hora que ele já estava em seu descanso, a mesma moça que o recepcionou bateu na porta avisando que ele tinha visitas. Ele se espreguiçou, coçou a nuca e levantou da cama, desceu até a sala e viu quem era sua visita.
- Tava dormindo, Yun? – Kyousuke sorriu ao vê-lo, mas estranhou a “cara amassada” e com marcas de travesseiro que ele estava.
- Não, só deitado... – Yuuta coçou a nuca mais uma vez e percebeu os olhos ansiosos de Kyousuke, suspirou – Alfred... Pode nos dar licença?
- Claro, jovem senhor. – um homem de meia idade, com os cabelos grisalhos e penteados para trás e vestido de mordomo que estava na sala, obedeceu o pedido de Yuuta e tomou o caminho da cozinha.
- Pode trazer um pedaço daquelas tortas deliciosas que você sempre faz, Alfred!? Eu sei que tem! – pediu Kyousuke.
- De limão, senhor Hamao? – indagou Alfred, com um sorriso nos olhos.
- Isso aí! – Kyousuke observou Alfred até que ele sumisse de vista e puxou Yuuta para que ambos sentassem no sofá – Pode ir contando! Como foi, heim?
- Eu consegui perguntar o que ela ia fazer no dia dos namorados e conversamos mais um pouco... Aí ela perguntou se eu não queria companhia pra voltar pra casa e eu recusei... Não acho que é hora dela ou de qualquer uma das meninas saberem... Disso. - Yuuta explicou o que havia falado com Miruku e olhou em volta, pela ampla sala do apartamento assim que falou que não sabia se deveria contar para as garotas sobre sua vida.
Poucos minutos depois Alfred voltou com a torta de limão que Kyousuke havia pedido. Os dois garotos continuaram conversando até que a noite chegasse. E colocando a noite em questão, na casa das quatro garotas, ainda divididas em duas duplas, Miruku estava na cozinha. Elas já haviam comido e era o dia dela limpar a cozinha. Mesmo após e término de sua tarefa era cedo e dava para fazer o que havia planejado. As outras três meninas já estavam em seus quartos e possivelmente dormindo, além de tudo tinha que tomar cuidado para não fazer barulho! Mas era um preço que valeria à pena ser pago.
Miruku tentou ser menos barulhenta o possível. Em pouco mais de meia hora ela já havia feito pequenos e redondos brigadeiros, alguns coloridos e outros na cor natural do chocolate. Ela colocava cerca de cinco doces de cor rosa numa caixinha de papel micro ondulado vermelho em formato de coração. Fazia tudo delicadamente para não amassar os docinhos. A caixa era grande o suficiente para caber, além dos brigadeiros, um pequeno chocolate em forma de coração bem no centro e os docinhos em volta, apenas decorando. Ela ajeitava o coração de chocolate branco lá dentro e nele havia escrito o nome “Sara” com chocolate amargo. O que a garota menos esperava era a visita de Natsumi, que se surpreendeu ao vê-la lá:
- Ainda tá acordada? E... Fazendo chocolate?
- Não fiz de tarde porque não ia ser igual ano passado... Quando a Sara entrou na cozinha e começou a comer os bolinhos que eu tinha feito e depois fizemos uma guerra de farinha...
- E a cozinha ficou uma bagunça! É, eu lembro! – Natsumi riu de leve e sentou-se em uma cadeira vaga.
Ela percebeu a pequena tristeza nos olhos da amiga de lembrar-se de tal coisa e perceber que estava brava com Sara por um motivo bobo – Ela também tá triste.

- Hã? – indagou.
- A Sara também tá triste. Qualquer raiva que ela podia ter passou depois de fazer compras e depois ela percebeu que era besteira ter ficado brava.
- Sério...? – ela não acreditou, mas a ruiva apenas afirmou com a cabeça – Eu não imaginaria isso...
- E acha que ela sabe que você tá assim? Pode ser que saiba, mas ela não vai vir te pedir desculpas. Vocês duas são orgulhosas demais pra fazer isso! Mas... – Natsumi parou ao ver que Miruku arrumava brigadeiros cor-de-rosa, com certeza eram para Sara, já que ela costumava fazer enfeites e docinhos assim nas cores favoritas de cada um dos amigos – Têm um coração enorme... Senão não se suportariam.
- Nat...
- Deixa pra lá! A Sara só acha o Yuuta um cara bonito, e vamos combinar, amiga! Ele é lindo e se você quer mesmo ficar com ele vai ter que correr! Amanhã é dia dos namorados e pode chover de garota dando chocolate pra ele! Se liga e fica esperta! E se você me disser que não fez um chocolatinho mixuruca pra ele eu te bato! Vai fazer, mulher! Eu vou dormir! – com uma última “reclamação” Natsumi levantou-se e caminhou até a porta da cozinha.


Última edição por Milky em Qua Maio 12, 2010 5:27 am, editado 1 vez(es)

_________________


G-Dragon, me come! Larga as maçãs e vem pra mim, loiro coreano sedução *¬*

Spoiler:
avatar
Milky
Designer
Designer

Feminino Peixes Macaco
Mensagens : 1049
Idade : 25
Reputação : 20
Pontos : 10391
Localização : Em casa, com o Lee *---*
Data de inscrição : 16/08/2009
Emprego/lazer : Ver Tenipuri/TeniMyu serve? e.e Humor : Crise de meia idade -q
A tua Ficha
Nome:: Milky (mentira e.e)
Idade:: 18
O teu maior sonho:: Yuuta só pra mim *¬*

Ver perfil do usuário http://twitter.com/tiaMilky

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Andamento] [MA] RAINBOW

Mensagem por Milky em Qua Maio 12, 2010 4:32 am

- Nat.
- O quê? – e parou.
- Obrigada... – Miruku agradeceu. Natsumi apenas sorriu e desejou-lhe uma boa noite. Miruku olhou para o presente de Sara e sorriu lembrando-se das coisas boas que viveu do lado dessa preciosa amiga e decidiu que o entregaria e pediria desculpas. Ela terminou de arrumar os doces dentro da embalagem e a fechou com a tampa da caixa selando com uma fita branca. O novo desafio agora era conseguir fazer algo para Yuuta e não passar a noite toda acordada. E em menos de 20 minutos ela já havia feito brigadeiros para colocar em um saquinho de presente, já que não tinha mais caixas, era a única coisa que conseguiu pensar em fazer para o garoto.
A manhã chegou não muito depois que Miruku limpou a cozinha e foi dormir. Novamente elas foram à escola separadas. Chegando lá o dia já começou corrido! Eram garotas entregando chocolates para vários ou apenas um garoto, tudo variava muito, mas a única preocupação de Miruku era Yuuta: Ele receberia chocolates de alguém? E se sim, quantos? De quantas meninas?
- Mi! – o grito escandaloso de Kyousuke fez com que ela despertasse de seu transe. – Feliz dia dos namorados, Mi! – ele sorriu e entregou um chocolate redondo, como um pão de mel, embrulhado em um saquinho de presente transparente para ela.
- Feliz dia dos namorados pra você também, Mao. – ela sorriu fraco e pegou o presente de Kyousuke na sacola de papel que levava todos os que havia feito.
- O que foi, heim? Pensando quantas garotas vão querer agarrar o seu Yuuta agora que ele tá lindo e gostosão? – Kyousuke tentou ser sério, mas acabou fazendo tal brincadeira.
- Mao! – brigou ela enquanto eles andavam pelos corredores do colégio, já com os sapatos trocados e a caminho da sala de aula – Mas é isso sim... Fora a parte dele ser “meu”.
- Ah, acredite... Ele já é seu! Tenho certeza!
- Eu... Fiz pra ele também... Mas só brigadeiros.
- Ah! Esse ano são brigadeiros? Delícia! Mal posso esperar chegar em casa e comer todos!
- Você sabe onde ele foi, Mao...? Quero entregar logo...
- Acho que tá no terraço com o Masataka e o Haru... Só ir lá! Eu vou pra sala! – Kyousuke despediu-se de Miruku e correu para sua sala. Pelo caminho ela ainda encontrou Daisuke e deu-lhe seu presente de dia dos namorados. Ela continuou subindo até o terraço e realmente encontrou os três garotos lá, mas junto com eles ainda estavam Kei e Yuichiro.
- Ah, bom dia, Miruku-chan! – sorriu Masataka ao vê-la – Feliz dia dos namorados!
- Bom dia meninos... Feliz dia dos namorados pra vocês. – ela tentou sorrir, mas seu olhar direcionou-se apenas para Yuuta.
- Galera, vamos descer, tá? Daqui a pouco dá o sinal e temos que estar dentro da sala! – Yuichiro foi bem direto em suas palavras e só faltou puxar os meninos para saírem dali.
- Feliz dia dos namorados, Miruku. – sorriu Yuuta.
- Pra você também, Furukawa-kun...
- Parece cansada... Dormiu bem? – perguntou ele enquanto a puxava para se sentarem na mesma mesa que haviam conversado no dia anterior.
- Na verdade não... Passei boa parte da noite fazendo os doces das meninas, do Daisuke e do Kyousuke...
- Então já sei! – antes mesmo de se sentarem, Yuuta a puxou para um dos cantos do terraço, que tinha sombra por causa de uma cobertura e sentou-se no chão, já que a área tinha apenas um banco.
- O que foi? – ela ajoelhou-se na frente do garoto, que cruzou as pernas uma sobre a outra.
- Precisa descansar. As aulas esperam... Pode dormir no meu colo. – Yuuta sentiu um pouco de vergonha ao dizer tal coisa, mas queria apenas o bem estar da garota que amava. Ela hesitou, pouco, mas cedeu com tanta insistência dele e deitou a cabeça em seu colo, pegando no sono rapidamente. Ela dormiu quase a manhã toda, acordou poucos minutos antes da hora do intervalo, mas não foi para a sala. Continuou ali, conversando com Yuuta. Com muita vergonha, ela entrou os brigadeiros para o garoto, que pareceu imensamente feliz com aquilo. Eles foram cada um para sua sala assim que deu o sinal e usaram a desculpa de estarem atrasados.
O resto do dia passou-se tranquilamente. Miruku entregou os presentes para Natsumi e Sayuri, mas teve medo de entregar o de Sara, e não o fez. Ela ficou na sala por mais 20 minutos depois do fim da aula, o suficiente para os corredores estarem vazios e ela sair com calma e sem ninguém a chamando ou atrapalhando seus pensamentos. Miruku saiu da sala observando o pequeno chocolate que havia ganhado de Kyousuke e com o que não conseguiu entregar para Sara ainda na sacola. Ela andou pelo corredor apenas pensando no que fazer e decidida a desculpar-se com a amiga.
A garota chegou na frente de seu armário e deixou os livros no chão para abri-lo. Destrancou o cadeado e teve uma surpresa. Uma caixa em forma de coração e dentro dela alguns dos bombons que mais gostava. Mas... Quem teria feito tal coisa? Nem um cartão fora deixado. Um admirador secreto? Apenas um pequeno bilhete "Me disseram que é seu favorito". Um sorriso escapou dos lábios da garota que guardou todos os livros no armário, pegou a mochila do chão e abriu a caixa para comer um dos chocolates. Continuou sorrindo e tomou o caminho da saída do colégio para ir para a casa. Do outro corredor alguém a observava. Yuuta permanecia ali desde o fim das aulas. Apenas esperava a hora em que sua "musa" se dirigiria ao armário e veria o pequeno presente que deixou ali com a ajuda de Daisuke. Ele sorriu de satisfação ao ver que ela se alegrou com a surpresa. A felicidade começava a fazer parte daquela nova vida que ele começava. A felicidade de ter conquistado, mesmo sendo secretamente, o coração de quem amava.

_________________


G-Dragon, me come! Larga as maçãs e vem pra mim, loiro coreano sedução *¬*

Spoiler:
avatar
Milky
Designer
Designer

Feminino Peixes Macaco
Mensagens : 1049
Idade : 25
Reputação : 20
Pontos : 10391
Localização : Em casa, com o Lee *---*
Data de inscrição : 16/08/2009
Emprego/lazer : Ver Tenipuri/TeniMyu serve? e.e Humor : Crise de meia idade -q
A tua Ficha
Nome:: Milky (mentira e.e)
Idade:: 18
O teu maior sonho:: Yuuta só pra mim *¬*

Ver perfil do usuário http://twitter.com/tiaMilky

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Andamento] [MA] RAINBOW

Mensagem por DGibaLine em Qui Jul 01, 2010 11:41 am

Tou a gostar...tou a gostar bastante ^^ =)
avatar
DGibaLine
Escritor do Mês
Escritor do Mês

Masculino Mensagens : 70
Reputação : 2
Pontos : 8992
Data de inscrição : 02/11/2009

A tua Ficha
Nome::
Idade::
O teu maior sonho::

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Andamento] [MA] RAINBOW

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum